Blog posts

Como é a visita à Vinícola Bouza – Brasileiros no Uruguai

Como é a visita à Vinícola Bouza – Brasileiros no Uruguai

Montevidéu, Uruguai

Quem acompanha o snapchat (camilalisboap) sabe: com a minha vida quase chilena, o vinho passou a ser parte importante da vida alcoólatra. E o Uruguai não está na lista dos destinos etílicos, certo? Errado! O vinho Tannat é marca registrada do país e, posso falar, virou um dos meus preferidos! E a visita à Vinícola Bouza é um show a parte… e a degustação? 🙂

Vinícola Bouza

Brasileiros no Uruguai

Antes de ir pro Uruguai eu recomendo uma navegada no site do Brasileiros no Uruguai. Além de ter muita dica boa sobre os destinos, roteiros e se mudar pro Uruguai por estudo ou trabalho, eles ainda oferecem diversos tours por todo o país.

Tem Bike Tour em Punta del Este e Montevidéu, tem show de tango, tem city tours… algum vai encaixar nas suas ideias de viagem! E eu posso recomendar com louvor o wine tour. Quer saber mais?


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 15% de desconto em qualquer compra!


Vinícola Bouza
Gente, que delícia de lugar! Se não tivesse vinho eu ficaria feliz mesmo assim!

Como é a visita à Vinícola Bouza?

Primeiro… o lugar <3 O Lugar é maravilhoso, gente! Sabe aquela coisa de cinema? É tipo isso… Lugar ideal pra você, diva, tirar as melhores fotos *divando* no meio da plantação de uvas.

Mas vocês me conhecem e sabem que eu não divo nem aqui e nem no Uruguai, então fiquei lá curtindo! O que faltou? Eu ir na época da colheira pra roubar umas uvinhas maduras 🙂

Siga a gente no Instagram @omelhormesdoano e use a nossa hashtag #omelhormesdoano para aparecer todo sábado na nossa galeria

Vinícola Bouza
Faltou pouco!

A visita à Bouza é bastante interessante mesmo pra quem já conheceu diversas bodegas e escutar sobre uma qualidade de vinho diferente do que eu estava acostumada tornou a visita muito mais bacana. E a guia foi um amor, tirando todas as dúvidas e explicando cada detalhe da produção.

Nosso roteiro do Uruguai, dia-a-dia com os detalhes tá aqui!

O tour é bastante completo, começando na plantação, passando por toda a parte de produção e armazenagem em barris de carvalho e finalizando com as garrafas já prontas para servir.

E falando em servir…

Vinícola Bouza
Saúde!

A degustação é excepcional! São os vinhos e uma pequena tábua de pães e frios… e o sommelier já vai dando as dicas do que combina com o que, melhores pratos e etc. Saí de lá alegrinha com a visita (ou seria pelas 4 taças de vinho que tomei?).

Adquira seu seguro viagem com a Real e viaje sem dor de cabeça!Seguro viagem america do sul 728x90

Vinícola Bouza
Tudo delicioso!

Quanto custa a visita à Vinícola Bouza?

La no site do Brasileiros no Uruguai você consegue conferir os valores atualizados e reservar todos os passeios.

A visita sem almoço tem um custo de USD 75 e a com almoço lá na Bouza USD 120.

Não se esqueça de usar nosso link da Booking para fazer a sua próxima viagem.

Vinícola Bouza
Os vinhos especiais da vinícola Bouza… tentando armar um jeito de conseguir um 🙂

Recomendado?

Bastante! E pros amantes de vinho eu diria que é quase indispensável.  E vale a pena por tudo, pelos vinhos pelas horas super agradáveis de passeio e pelos brasileiros gente boa que conheci no caminho (sim, só tinha brasileiro no tour, rs).

Vinícola Bouza
Mal de conheço e já te considero pakas, Tannat 😉

Fomos conhecer a Vinícola Bouza a convite do Brasileiros no Uruguai. Agradecemos muito a oportunidade e frisamos que tudo que relatamos no post é opinião livre e pessoal.

Gosta de vinho? Já provou o tannat? Conta pra gente nos comentários tudo o que você achou (adoramos comentários <3 )

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou – só um pouco – no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

7 Comments

  1. Michel
    11 de Fevereiro de 2016 at 14:40
    Reply

    Poxa vim ler na expectativa que você indicasse meios de se fazer esse passeio de modo mais econômico…rs!
    Mas tá valendo, pelo que ando lendo pra visitar esta vinícola teremos que desembolsar “umas moedas” mesmo!

    • Camila Lisboa
      11 de Fevereiro de 2016 at 18:11

      Puxa, mas é que dou tantas dicas de economia que vai sobrar pra pagar esse passeio 😉

    • Michel
      12 de Fevereiro de 2016 at 02:38

      Essa é a intenção, considerando que este é um passeio mais caro. Aliás achei bem mais caro que os oferecidos no Chile!

      No site da Bodega tem orientações pra ir de ônibus, neste caso a economia comparada ao táxi, quase dá pra pagar uma degustação…rs!

      E assim vamos! Tks.

  2. Maria Amélia
    29 de Fevereiro de 2016 at 22:44
    Reply

    Estive nessa Bodega. É maravilhosa. E o restaurante, nota 10. Almocei lá duas vezes.
    Não fiz a degustação. Preferi almoçar. Comi carne, acompanhando um Tannat safra 2011, divino.
    Estava de carro, mas acho que o Michel deu uma boa dica.
    Aproveitem.

    • Camila Lisboa
      1 de Março de 2016 at 16:07

      Eu vi um pessoal almoçando e nossa… fiquei com água na boca!

  3. Lucinha
    21 de outubro de 2016 at 10:50
    Reply

    Camila, irei visitar a Bodega em em novembro e estou com dúvida sobre qual a melhor forma de chegar. Qual a sua sugestão?

    • Camila Lisboa
      24 de outubro de 2016 at 12:36

      Oi Lucinha!

      O mais fácil é ir com transfer, como eu fiz… aí é 0 dor de cabeça! Mas se quiser ir por conta, tem algumas opções. Ou você pode ir de táxi, que sai mais caro, ou de transporte público.

      Do terminal de ônibus Colón, você vai tomar o ônibus G11 (companhia Cutcsa). Peça pro motorista avisar onde descer… Mas pra ficar atenta, quando o ônibus cruzar a Ruta 5, vai estar bem perto do ponto.

      Você vai gastar uma hora/uma hora e meia mais ou menos de bus. 🙂

      Depois me conta se deu certo!

      Beijooo

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *