Blog posts

Surf em Barbados: até quem não nada consegue!

Surf em Barbados: até quem não nada consegue!

América Central, Barbados

Se tem uma coisa que eu já me acostumei na vida é a cara de interrogação que as pessoas fazem quando eu falo que não sei nadar. Pensa aqui no Chile, que as pessoas pensam que viver no Brasil é ir pra praia o ano inteiro! Como você não sabe nadar? É, não sei. Mas não é por isso que não tentei minhas primeiras ondas e a minha primeira (e única) aula de surf em Barbados.

Surf em Barbados – para principiantes DE VERDADE

Preciso admitir que minutos antes da aula eu tava em pânico. Sério.

A ideia de surfar era legal, mas vem aquele pavor da água que toma a conta da gente e tchau sanidade. Dá vontade de chorar, chamar a mãe, voltar pra casa…

E quando o Bodie, o nosso super professor, salvador de surfistas afogadas e caroneiro de primeira (ele foi buscar a gente no Yellow Bird e levou pro MoonRaker 🙂 ) falou que tinha muitos corais e coisas que podiam machucar… bateu aquele desespero! E se eu cair errado e cortar o pé? A cabeça? Sangrar loucamente? Tubarões?

Mas se até uma alpaca pode…

Tomei coragem, respirei fundo, engoli as lágrimas e fui. E fomos, porque a Angie, do Apure Guria também tava nessa e parece que nasceu pra coisa… A prova tá no fim do post, no vídeo da guria.

Como foi a aula de surf em Barbados

A aula de surf com o Bodie foi bem de boa. Ele levou umas pranchas imensas, aí era facinho equilibrar. Mas tudo começa fora da água, com a aula teórica seca.

Falei que a prancha era imensa...
Falei que a prancha era imensa…

Aprendemos que nós somos meio weird e que surfamos com o pé errado. Paciência. E treinamos um pouco dos movimentos, com o lugar de estar na prancha, o jeito de se apoiar nos braços (yoga feelings – cobra) e o pulinho pra ficar de pé. Eu tenho certeza que tem nomes técnicos pra isso… mas né, sou amadora e sempre serei.

Surf em BarbadosAí, depois de uns 20 minutos lá, dando risada e treinando, a coisa pega. A aula de surf em Barbados vira de verdade. Vamos pra água!

#medo

Mas nem tanto, já que a água, no pior dos casos, batia no peito. Dá pé, tô de boa.


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 10% de desconto em qualquer compra!


O legal da aula de surf com o Bodie é que ele deixa tudo mastigadinho pra gente e até eu que sou uma pedra consegui. Ele ‘pega’ as ondas pra gente, a gente fica lá bonitinha, deitada na prancha, só esperando a onda vir e ele falar pra você se preparar e go!

Na teoria é simples. Na prática…

Água!
Água!

Lógico que na primeira onda eu fiz tudo errado, desesperei, caí no mar e bebi um monte de água. Óbvio. E sim, o mar mal batia no joelho.

Aí vamos pra segunda.

Aprendendo a cair na aula de surf em Barbados...
Aprendendo a cair na aula de surf em Barbados…

Bom, depois de umas tentativas erradas eu consegui! Eeeeeee! (We are the champions ao fundo).

Pode parecer bobo, mas foi uma aula de superação. Superei meu medo de mar, meu medo de surf, meu medo de água e consegui! 🙂 Saí felizona da minha primeira (e única) aula de surf em Barbados – e com a bunda queimada (acontece!).

eeeeeeeeeeeeeeee o/
eeeeeeeeeeeeeeee o/

Graças ao Bodie e toda a sua paciência infinita para me explicar tudo direitinho (mil vezes) e me acalmar toda vez que batia o desespero.

Dicas para a aula de surf – em Barbados ou em qualquer lugar

  • Olhe pra frente sempre! Não olhe pra prancha – isso fez com que eu caísse váááárias vezes;
  • Protetor solar fator 843724 nas pernas e na bunda. Tomamos um torrão nervoso e de noite não tava rolando sentar, rs;
  • É mais fácil do que você imagina. Confia!
  • Se for cair, se joga… mas não caia em pé, aí é o risco de se cortar;
  • Se tem GoPro ou alguma câmera esportiva, leve! É muito legal passar vergonha ver os vídeos depois;
  • Comece num lugar tranquilo, com pouca gente e ondas bem pequenas, pra ganhar a confiança e aprender certinho, né?
Assim, deitadas na prancha, ganhamos um torrão lindo na bunda!
Assim, deitadas na prancha, ganhamos um torrão lindo na bunda!

O ultimato sobre surf em Barbados pra quem não sabe nadar

Pior dos casos: você não sabe nadar – como eu – você vai conseguir aproveitar bastante uma aula de surf em Barbados. E é um dos poucos lugares do mundo que você poderá ter essa experiência numa praia tão tranquila e apta pras primeiras ondas.

Ah, se eu ainda não te convenci que você tem que tentar…

Tartarugas!

Hello gorgeous!
Hello gorgeous!

Elas estão everywhere, inclusive enquanto estávamos ‘surfando’. Dava pra ver as cabecinhas pra fora da água, quando elas saíam para respirar. Vimos vááárias, mas não tem foto porque a GoPro tava na prancha, né? Mas pode confiar, tinham MUITAS.

Agora tá convencido, né? E, sem dúvida a melhor opção para aprender surf em Barbados é com o Bodie! Vai na fé! 🙂 Ah, e ele também dá aulas de windsurf, kitesurf e stand up paddle! Confira no site todos os detalhes!

Essa viagem a Barbados foi feita em parceria com a Global Vision Access, Visite Barbados e com a Bodie’s School of Surf. Mas não é por isso que deixamos de dar nossa opinião própria e impessoal sobre os serviços! Pode confiar!

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou – só um pouco – no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

25 Comments

  1. angie
    29 de setembro de 2016 at 23:59
    Reply

    aheuaheua adorei a foto VOAAA TARTARUGUINHAAA HEUAHEAU
    quero mais aulas haeuahe

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:12

      Eu não quero não! hahahaha uma foi suficiente! =P

  2. Gabi Torrezani
    1 de outubro de 2016 at 12:27
    Reply

    Morri com o “se até uma alpaca consegue!”… hahaha 🙂 Já tinha comentado com você antes, mas esse seu post me deu muita vontade de tentar surfar… Sei nadar, mas duvido que eu consiga ficar em pé por mais de 1 segundo hehehe

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:10

      Se eu consigo, você consegue! Vai por mim, eu sou meio jeca pra essas coisas hahahah

  3. Mariana Dutra
    1 de outubro de 2016 at 13:32
    Reply

    Nossa! É muita coragem, menina! Também não sei nadar, mas fiquei com vontade de tentar uma aula assim. Vai que dá certo, não é mesmo? 😉

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:09

      Se joga! Nesse caso, a água não passa da cintura, nem dá pra ter tanto medo 😉 (experiência própria!)

  4. Nanda Castelo Branco
    1 de outubro de 2016 at 14:10
    Reply

    Hahaha eu tenho zero jeito para esportes, mas me diverti com o vídeo e curti a ideia de experimentar uma aula numa viagem dessas 😀

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:08

      Relax… eu também não sou muito esportiva não, rs…

  5. Marianne
    1 de outubro de 2016 at 15:36
    Reply

    Hahahahaha to rindo muito com o post e imaginando o seu desespero! É isso aí! Tem que enfrentar os seus medos!
    Ameeei o vido da guria!! A edição ficou demais!!

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:07

      O melhor do vídeo são as videocassetadas =D Mas eu não cedi as minhas imagens porque dá muita vergonha hahuauhuhauha

  6. Dani Bispo
    1 de outubro de 2016 at 16:56
    Reply

    Surfar é realmente incrível. Tive essa experiência em Jericoacoara. As com prancha de Stand Up Paddle e amei! Lá também tem ondas pequenas e é ótimo para os iniciantes

    Bjs
    Dani Bispo

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:04

      Morei em Jeri por meses e não tive coragem de tentar por lá… rs… Acho que é uma desculpa pra voltar e mostrar meus dotes pros meus amigos cearenses =D

  7. Marina Heimer
    1 de outubro de 2016 at 18:13
    Reply

    Sério… Você já tinha me convencido. Mas quando falou em “tartarugas” fez a felícia aqui pirar. O único risco é esquecer do surf pra só ficar procurando e achando fofo as bichinhas! Bem a minha cara! Hahahaha….

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:03

      Hahahah mas a gente era assim também! O professor dando aula e a gente ‘olha lá, tartaruga… agora lá’ ahahah

  8. Declev
    1 de outubro de 2016 at 22:10
    Reply

    Barbados é uma maravilha, né? Não dá vontade de sair de lá. Mas aula de surf eu não fiz. Quem sabe numa próxima eu tome coragem… Parabéns pela sua coragem, porque não é todo mundo que não sabe nadar que se aventura na água!

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:02

      =D obrigada! E Barbados… nem dá vontade de voltar! Lugar maravilhoso!

  9. Francisco Agostinho
    2 de outubro de 2016 at 06:28
    Reply

    Que legal ! Boa sorte aí no surf ! Boas viagens !

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:01

      Tô bem com essa aula… não quero mais surf não hahah

  10. Josiane Bravo
    2 de outubro de 2016 at 22:15
    Reply

    Que máximo essa aula de surf. Agora já sei onde ir para perder meu medo de água kkk, sou péssima para nadar e até mesmo para fazer SUP morro de medo, mas por um outro lado, adoro desafios. Acho que a experiência de surfar em Barbados deve ser incrível, agora já dá para você ir para o Havaí em North Shore no inferno kkk para botar em prática tudo que você aprendeu em Barbados (brincadeira, só para discontrair).

    Abraços

    • Josiane Bravo
      2 de outubro de 2016 at 22:17

      errinho de digitação no meu comentário acima (quis dizer inverno em North Shore)

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 20:58

      Hahahahha nãããão! Até meu professor disse que era a primeira e última aula… já que eu não acharia condições assim em muitos lugares do mundo.

      Superei meu medo, mas não quero tentar mais não =P

  11. Eloah Cristina
    2 de outubro de 2016 at 23:10
    Reply

    Que emoçào. Eu faria viu e com certeza seria dessas que gravaria tudo com a GoPro para depois assistir e dar altas risadas.

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 20:56

      Eu tenho vergonha de mim mesma com os vídeos da GoPro hahah

  12. Camilla Kafino
    11 de novembro de 2016 at 21:01
    Reply

    Camila, que tudo, que história incrível de superação! Tenho certeza que foi o visu de Barbados que te deu o empurrãozinho final pra se jogar na água e fazer essa aula aí. Eu amo surfar, sempre me arrisco numas ondas pelo mundo. Vamos combinar uma session por aí?! 🙂 beijão.

    • Camila Lisboa
      12 de novembro de 2016 at 17:10

      Super topo! Não sei se consigo surfar de novo, mas dá pra brincar pelo menos 🙂

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *