Blog posts

[Review] Milhouse Avenue e Hipo – Buenos Aires

[Review] Milhouse Avenue e Hipo – Buenos Aires

Argentina, Buenos Aires, na Argentina, Review de hospedagem

Pelo jeito Buenos Aires tá meio brasileira… A quantidade de gente aproveitando a cotação excelente do peso tá crescendo demais e a pergunta ‘qual a sua recomendação de hostel em Buenos Aires’ anda sendo frequente em comunidades de viajantes.

Como eu gosto de dar minhas opiniões das cidades, passeios e lugares que já passei, por que não dar pitacos nos hostéis, né?

Bom, vamos lá…

O Milhouse foi minha escolha para as noites porteñas em 2012  por alguns motivos:

– o preço era bacana: hoje está na base de USD 16 o quarto compartilhado mas na hora pague em ARS que você vai ganhar uma graninha

– a localização é excelente: ambos ficam bem no centro, perto de tudo e com fácil acesso ao Subte e linhas de ônibus

animação: posso falar sem muitas dúvidas, vai ser difícil ter um hostel mais festeiro que esse em Buenos Aires

Já é suficiente para ficar umas noites, certo?

5942_459482764125828_163254636_n

Mas fiquei uma noite no Milhouse Hipo antes de pegar meu voo para a Patagônia e não foi das melhores noites:


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 15% de desconto em qualquer compra!


– o quarto dava para a rua e a janela dava para uma balada = não dormi quase nada

– e ainda tinha um povo roncando demais no quarto, rs.

Em resumo, noite mal dormida. Não recomendo por conta do barulho da balada.

Na volta da patagônia, passei uma semana no Milhouse Avenue e foi bem mais tranquilo. Não no sentido das festas (aquilo não para, é sério!), mas na qualidade do sono, que tava bem melhor.

Os pontos positivos que achei no Milhouse Avenue foram:

  • Festas: todo dia tem uma festinha (que dura até as 2 da manhã) em um dos hosteis – e você tem livre acesso independente de qual esteja hospedado

  • Staff super animado e dispostos a ajudar

  • Limpeza ok: pra um hostel daquele tamanho, achei que ficaria meio sujinho mas eles cuidam bem dessa parte

  • Cozinha bem equipada, mas a geladeira é meio pequena pra tanta gente

  • Muita área comum

No geral vou pontuar de 0 a 5 nos quesitos para vocês terem uma comparação:

Avenue

  •  Animação: 5+++
  • Café da manhã: 3
  • Cozinha: 4
  • Limpeza: 3,5
  • Localização: 5
  • Preço: 3
  • Qualidade do sono: 4
  • Staff: 4

Gostou das nossas infos e quer reservar? Ajude a manter o OMMDA reservando por esse link 😉

Hipo

  • Animação: 5
  • Café da manhã: 3
  • Cozinha: ? (não vi!)
  • Limpeza: 3
  • Localização: 5
  • Preço: 3
  • Qualidade do sono: 1
  • Staff: 4

Super recomendo o Milhouse, mas se puder escolher, minha dica é ficar no Avenue, ficar sem dormir no Hipo me traumatizou um pouco…

Gostou? Esqueci de algum ponto? Teve uma experiência diferente por lá? Me conta no facebook ou nos comentários!

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou - só um pouco - no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

4 Comments

  1. Caroline Florêncio
    3 de Março de 2016 at 17:13
    Reply

    Oi Camila, vi seu blog e achei muito legal. Tem muita informações! Estou pensando em fazer alguns trechos de onibus na Argentina, você ja fez algum? Se sim, poderia me ajudar relatando sua experiencia? Estou apreensiva em relação a qualidade dos onibus, pois, as viagens saõ bem longas! Ficarei muito agradecida se me ajudar. Obrigada

    • Camila Lisboa
      3 de Março de 2016 at 18:47

      Oi Caroline! 🙂

      Você me lembrou que eu estou em débito desse post! Já tenho o Viajando de ônibus pelo Peru, Equador, Colômbia, Chile e Uruguai e falta justamente o que você tá procurando, rs… Sorry!

      Mas olha, te digo que anda é caro viajar de ônibus por lá, mas de serviço é excelente! Eu peguei ônibus com vinho de “serviço de bordo”, sério! Pode ir tranquila 🙂

      Um beijo e boa viagem!

      Ah, se precisar reservar hospedagem, não deixa de usar nosso link da Booking que nos ajuda MUITO! 😉

  2. Josiane Bravo
    2 de novembro de 2017 at 19:01
    Reply

    Fui no Milhouse Avenue e fiquei encantada com a decoração do prédio. O Hippo eu fiquei hospedada bem pertinho dele e sempre que passava na frente via que realmente é bem badalado hahaha. Para quem quer descancar é um furada.

    • Camila Lisboa
      3 de novembro de 2017 at 18:18

      Furada total! É pra quem quer bagunça 🙂

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *