Blog posts

Diário de Workaway – Dia 10 – Considerações Finais

Diário de Workaway – Dia 10 – Considerações Finais

Diário de Workaway

Infelizmente o Diário de Workaway chegou ao final, eram poucos dias de trabalho, o suficiente para que eu conseguisse ter uma ideia de preço e jobs em Puerto Varas – sim, é/era uma possibilidade me mudar pra lá por um tempo. Mas 10 dias foram suficientes pra mudar alguns pensamentos e descobrir algumas coisas da ‘Camila viajante’ e da ‘Camila trabalhadora’!

Diário de Workaway – Dia 10 – a caminhada

Diário de Workaway
Mirador La Picada – essa era a meta!

Pra não ficar fazendo nada em Puerto Varas, resolvi ir até o Parque Nacional Vicente Pérez Rosales, aquele dos Saltos de Petrohue, mas para uma caminhada mais longa – desencargo de consciência depois de ter comido tanto chocolate.

A ideia era fazer a trilha de cerca de 10 quilômetros, indo até um Mirante (que até agora eu não sei se era pro Lago de Todos os Santos ou pro vulcão Osorno… o porquê já vem).

A trilha nem era tão difícil, mas era de areia fofa – glúteos e pernas: check. O que me complicou não foi isso…

A nuvem tenebrosa cobrindo o Osorno e vindo em minha direção...
A nuvem tenebrosa cobrindo o Osorno e vindo em minha direção…
A academia do dia...
A academia do dia…

Uma nuvem negra começou a se aproximar e a dúvida começou a surgir… ai Jesus, vou ou volto?! Voltei – alguma coisa aprendi do clima chileno – e voltei certo, começou a chover nos últimos 20 minutos de trilha.

Voltei molhada, mas feliz, cheia de ideias na cabeça.


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA a se manter na estrada:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 15% de desconto em qualquer compra!


E de volta a Puerto Varas, mochila arrumada e último chocolate quente da viagem, dessa vez no Cassis, the best for last.

Diário de Workaway – Conclusões pessoais:

  • Enquanto não estou viajando preciso criar uma rotina que não seja 100% blog/redes sociais/computador, isso anda me fazendo mal e esse trabalho de 4 horas/dia me mostrou que existe vida ~gostosa~ offline;
  • Workaway é sobre confiança: como ‘contratar’ uma pessoa que você não conhece pra cuidar no seu negócio, seja ele hostel ou o que seja? Nesse mundo de viagens as pessoas se confiam mais e é lindo participar disso;
  • Eu quero morar no sul do Chile, the winter is coming – soon;
Ó que coisa linda <3
Ó que coisa linda <3
  • Mas já sei que vou engordar nesse processo tománocú comida gostosa e gorda;
  • Se eu consegui sobreviver a uma casa com 2 crianças meio mimadas e um gato, consigo sobreviver a qualquer ambiente;
  • Mas não sou tão forte contra o frio… ele me deixa preguiçosa e de mau humor! NE CES SI TO de calefação!;
  • Fazer e vender chocolates (e principalmente alfajores) é mais fácil do que eu imaginava, dá pra pensar em ganhar uma grana nas viagens;
  • Já estou fuçando na página do Workaway pra buscar novos jobs bacanas =) Quem mais?

Gostou da série? Comente! Adoro saber a opinião de vocês =D

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou – só um pouco – no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

12 Comments

  1. Liliane Inglez
    29 de junho de 2016 at 14:23
    Reply

    Winter is coming foi óoootemo!!! Adorei o post e esse lance de workaway foi novidade pra mim! Muito bacana! Parabéns pela experiência!

  2. Diogenes
    5 de julho de 2016 at 08:59
    Reply

    Olá Camila!
    Estou por aqui te acompanhando e copiando as dicas.
    Uma dúvida enorme: não sei o que falar para os anfitriones do workaway na primeira mensagem. Enviei um texto bem fraco e me arrependi! Me ajuda!!!!!

    • Camila Lisboa
      11 de julho de 2016 at 12:23

      Oi Diogenes! Acho que a primeira mensagem tem que ser bem específica: falando os seus motivos de escolher esse emprego em especial, a cidade e porque deveriam escolher você! É como se fosse um currículo 😉

      Mas bola pra frente, pro próximo, capricha na mensagem! E quanto mais específico, melhor, mostra que você quer AQUELE emprego, e não qualquer um 🙂

  3. Daniella
    23 de setembro de 2016 at 09:38
    Reply

    Meninaaa descobri o seu blog ontem e estou aqui lendo TUDO. Mas tudinho mesmo!! Você é uma linda, escreve de um jeito espontâneo e tirou dúvidas que eu tinha que em nenhum outro blog encontrei respostas, coisas do dia a dia mesmo. Nunca me aventurei numa dessas, mas estou começando a fazer um planejamento (só na mente mesmo rs) pra sair por aí como você!

    Eu só gostaria de sabe como você faz pra ganhar dinheiro, para passagens e afins. Você consegue trabalhar, fazendo ‘bicos’, essas coisas? E com os pagamentos desses bicos dá pra comprar passagem rapido ou demora bastante tempo até você ter a grana? Como foi no começo, difícil ou um pouco mais fácil de lidar?

    Obrigada por me inspirar! Muita luz e sucesso sempre!

    • Camila Lisboa
      26 de setembro de 2016 at 14:07

      Oi Dani! Obrigada pelos elogios 🙂
      Olha, enquanto tô viajando sempre tô trabalhando com o blog (que me rende uns dinheirinhos – poucos – com a reserva de hospedagem e seguro saúde). Aí outros bicos vai do aperto: já vendi comida, passeios… De tudo! O que aparecia na frente!

      Eu sempre tento deixar uma grana pras passagens, já que se der algum problema, tenho pra onde correr, né?? Mas a gente vai se virando como dá!

      O difícil é dar o primeiro passo, depois parece que as coisas fluem 😉

  4. Rosana
    16 de Fevereiro de 2017 at 13:11
    Reply

    Oi Camila, tudo bem?
    Comecei a pesquisar sobre o workalway hj, achei seu site, comecei a ler muito….e, coincidentemente, vi que vc está ofertando vaga para trabalho no seu hostel. Adoraria poder ir. Tem algum contato por email para conversarmos melhor?
    Meu email: rosanasmello@hotmail.com
    Bjs e sucesso

  5. ELAINE TEIXEIRA DE LIMA
    26 de julho de 2017 at 12:52
    Reply

    nossa muito legal, tudo isso, já estou me interessando. “sou pau para toda obra”.

    • Camila Lisboa
      27 de julho de 2017 at 17:56

      Isso aí! Vai conseguir encontrar um job facil assim 🙂

  6. Henri
    24 de setembro de 2017 at 17:22
    Reply

    Olá Camila, estou querendo passar um tempo no sul do chile.

    Tu disse que era possível viver aí ”de boa” por um tempo maior trabalhando. Mas como? diz vendendo dulces por las calles?

    abraço

    • Camila Lisboa
      27 de setembro de 2017 at 16:18

      Voluntariando é uma boa porque você diminui custos… eu trabalho com internet né, entao nas horas livres fazia dinheiro com o computador 🙂 Mas da tambem, vendendo artesanato, comida… vai da sua imaginação!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *