Blog posts

Como é a visita ao Teatro Solis em Montevidéu?

Como é a visita ao Teatro Solis em Montevidéu?

Montevidéu, Uruguai

Um cartão postal da capital uruguaia, o Teatro Solis brilha – e muito – no centro de Montevidéu. E é impossível não babar com o lugar maravilhoso, cheio de detalhes e cheio de história. E, sabe o que mais? A visita guiada é um show à parte!

Eu não tinha dúvidas: era um passeio que eu queria fazer em Montevidéu!

  1. eu adoro teatros
  2. adoro visitas guiadas
  3. é baratinho

Além de tudo, mesmo se você não tiver planejando conhecer o Teatro Solis, não tem como não notar, ele chama a atenção bem pertinho da Plaza Independencia. Você vai passar na frente (e vai tirar uma foto, pelo menos!).

Teatro Solis
Assim como eu (e a moça aí da foto)

Como é a visita ao Teatro Solis?

E, eu que não sou boba, já resolvi ir logo no primeiro dia em Montevidéu, pra matar a curiosidade.

A visita guiada ao Teatro Solis acontece em diversos horários e eu recomendo bastante o da manhã, onde tem interação de atores na visita (eu fui à tarde, tontona!).

Siga a gente no Instagram @omelhormesdoano e use a nossa hashtag #omelhormesdoano para aparecer todo sábado na nossa galeria

Teatro Solis
Vá de manhã! É mais vazio e vai ser mais proveitoso 😉

O guia (tem em português, espanhol, inglês…) começa explicando o porquê do nome  – não vou contar, mas não tem a ver com o sol – um pouco de como surgiu a ideia do teatro e como foi a construção.

E a visita é completona, passamos por praticamente todas as partes do teatro, com direito a divar no camarote 🙂

Teatro Solis
Quem acompanhou pelo snapchat (camilalisboap) viu os detalhes de *diva*

O percurso dentro do Solis dura cerca de 40 minutos e, se quiser continuar conhecendo ou ter a prévia do que vai vir, o teatro criou esse aplicativo com fotos e detalhes do teatro. Mas eu baixaria antes, porque tem uma parte de Realidade Aumentada, onde você aponta a câmera do celular para algumas partes do Solis e ele mostra alguns objetos que não estão ali, mas já pertenceram ao lugar. Um show e bem pensado!

E se você gosta de livrarias, tem umas muito lindas pra explorar em Montevidéu! 🙂


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 15% de desconto em qualquer compra!


Influência da Maçonaria no Solis

Ficou curioso? Tem uma visita só falando dos detalhes relacionados à maçonaria no teatro. É todas as sextas e domingos às 17 horas, mas precisa reservar antes por email (visitaguiada@teatrosolis.org.uy)

Quanto custa a visita guiada ao Teatro Solis?

É baratinho! Custa UY 40 para a visita em espanhol e UY 60 para em português ou outras línguas (gente, não dá nem R$10!).

Teatro Solis

Horários:

De segunda a domingo: às 11, 12, 16 e 17 horas. E aos sábados tem visitas também às 13 horas.

E dá pra ver espetáculos?

Uma das coisas que me deixaram com muuuuita pena é que em janeiro não estavam tendo apresentações. Mas o bom é que os preços não são salgados e é só dar uma olhadela na programação nesse link aqui antes de ir. E tomara que você consiga encaixar alguma coisa no seu roteiro!

Teatro Solis
Olhe pra baixo, pra cima, pros lados… tudo surpreende nesse lugar maravilhoso!

Vale a pena visitar o Teatro Solis?

Não só vale, como é um MUST GO em Montevidéu. O Solis faz parte da cultura uruguaia e é um lindo passeio daqueles que me fizeram gostar um pouquinho mais de uma das capitais mais hermosas da América do Sul.

Reserve com a Booking e nos ajude a continuar trazendo muitas dicas de viagens!

Teatro Solis

Fizemos a visita à convite do Teatro SolisAgradecemos muito a oportunidade e frisamos que tudo que relatamos no post é opinião livre e pessoal.

Comente e espalhe nas redes sociais 🙂

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou – só um pouco – no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

2 Comments

  1. Luis Felipe
    26 de Fevereiro de 2016 at 22:55
    Reply

    Estive lá em dezembro e achei lindo. Local charmosíssimo.

  2. Dayana
    11 de Março de 2016 at 23:40
    Reply

    Fui em dezembro agora também, bem perto do Natal e Reveillón e não vi peça nenhuma, infelizmente. O Teatro é lindo de viver!
    Também amei a visita. 🙂

    http://www.lolepocket.com.br

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *