Blog posts

O que fazer em San Pedro de Atacama?

O que fazer em San Pedro de Atacama?

Chile, San Pedro de Atacama

Se você ainda está em dúvida sobre o que fazer em San Pedro de Atacama eu te ajudo! Esse post foi atualizado em dezembro/15 com todos os dados de agências, preços e tudo o que vocês precisa saber sobre o deserto mais árido do mundo.

San Pedro de Atacama é uma cidade 1000% turística e uma das mais caras do Chile, mas você consegue superar esses traumas com as lindas opções oferecidas. Tem inúmeras opções de tours (com preços pra todos os gostos)!

Estive lá dezembro de 2013 e em outubro de 2015 e vou passar um pouco da minha experiência pra vocês em uma série de posts, já que são tantas atrações e tanta coisa pra fazer que se eu escrever tudo de uma vez vai dar um livro (rs) e vou esquecer de coisas importantes…

 O que fazer em San Pedro de Atacama - Laguna Cejar

Boiando na Laguna Cejar

Onde não se hospedar em San Pedro de Atacama

Chegando em San Pedro fui procurar um hostel, já que não tinha feito reserva em nada. Tinha a indicação do Sonchek (CLP 8500) mas estava cheio (e isso porque nem era alta temporada…) e fui na andança por hostel. Passamos no Juriques (CLP 7000), mas achei meio sujinho demais e o atendimento foi bem mais ou menos, a recepção estava vazia e fiquei esperando um bom tempo até alguém aparecer… isso não passou segurança pra gente. No fim, parei no hostel La Florida (Tocopilla entre Gustavo Le Paige e Caracoles – CLP 20000 quarto de casal com banho compartilhado) que pareceu boa opção mas no fim não foi! É furada pelo barulho e pela água gelada o dia todo…

Acompanhe as nossas viagens também pelo Instagram @omelhormesdoano

O que fazer em San Pedro de Atacama

Para os passeios, fomos atrás das agências recomendadas e, por ser baixa temporada, a oferta em todas era o pacotão com os 4 passeios mais clássicos:

Já decidiu o que fazer em San Pedro de Atacama? Agora companhe aqui os detalhes de cada passeio.

O que fazer em San Pedro de Atacama - Geiseres del Tatio

Piscina termal nos Gêiseres del Tatio

Os preços que encontrei foram com um range enorme:

Grado 10: CLP 100000

Ckontor: CLP 50000

Colque: CLP 45000

Cosmo Andino: CLP 80000


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 15% de desconto em qualquer compra!


No fim, acabamos fechando com a Ckontor (Gustavo Le Paige, quase na esquina com a Tocopilla) por alguns motivos… O dono, Marcos, foi mega gente fina, explicou tudo pra gente e fez um desconto bacana. Fora que fez de tudo pra ajeitar as datas que queríamos e foi superpreocupado. Claro que não foi o serviço mais patrão do mundo, né? As vans eram meio antigas e talz mas isso compensava pelo motorista (um tiozão chileno mega gente boa, que ficava papeando com a gente de futebol em todos os tours) e os guias que foram bem massa. E por que a Ckontor e não a Colque? Deem uma olhada no Trip Advisor… tem tanta classificação negativa que fiquei com medo da agência!

 O que fazer em San Pedro de Atacama - Lagunas Altiplânicas

Vicuñas na Laguna Miscanti (uma das altiplânicas)

Mas em Atacama é bem isso… o preço que você paga é proporcional ao serviço. Tipo, se eu fosse levar minha mãe, não iria com a Ckontor… provavelmente desembolsaria bem mais pra ir com a Grado 10 (com o famoooso caminhãozinho), pra garantir o conforto da véia =). Mas no estilo mochileiro, vai na mais barata que seja mais garantida (também não dá pra economizar e se ferrar!). Todos os passeios, independente dos preços, passam pelos mesmos lugares então, no fim, a diferença vem só do conforto mesmo.

Reserve com a Booking e nos ajude a continuar trazendo muitas dicas de viagens!

Gostou desse post? Compartilhe na suas redes sociais!

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou - só um pouco - no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

4 Comments

  1. Tatiane
    30 de dezembro de 2014 at 13:51
    Reply

    Qual forma você recomenda para chegar até San Pedro?
    Estou vendo voos para Santiago do Chile, mas não sei ao certo a melhor maneira de ir de lá até San Pedro … você foi de avião ou busu? Quanto tempo e qual a experiência neste trajeto? Alguma indicação?

    Obrigada

    Beijos!
    Tati Batista

    • Camila Lisboa
      5 de Janeiro de 2015 at 11:49

      Oi Tati! =)

      Meu roteiro não incluiu Santiago, então vou te passar as dicas do que eu sei, mas nunca fiz. Se quiser ganhar tempo, o esquema é um voo Santiago-Calama (vai ser coisa de umas 2 horas de voo). Sei que a Lan Chile faz e tem a Sky Airline também.

      O esquema ‘roots’ são aproximadamente 24 horas de ônibus e sai alguma coisa em torno de 50 a 60 dólares.

      Beijos e boa sorte! =)

  2. Priscilla Rolim
    8 de julho de 2016 at 14:09
    Reply

    Então Camila, depois de ler o relato engracadíssimo dos dissabores que você passou em Torres Del Paine, e como vou ao Chile dm Fevereiro, pensei ser uma opção de conhecer o Atacama, porque ao meu ver me parece uma viagem com menor probabilidade de dar muito errado e ser mais econômica. Você concorda? Sei que quero visitar muito esses dois lugares no Chile, além de Santiago, mas nesse primeiro momento não vai dar pra conciliar os três (falta de tempo e de grana)… Será santiago + ou TDP OU ATACAMA. Poderia me ajudar nesse impasse? Gratidão!

    • Camila Lisboa
      11 de julho de 2016 at 12:17

      Oi Priscilla! 🙂 Sim, o Atacama é mais ‘seguro’ de que não vai dar muita dor de cabeça.. mas também é questão de sorte! E de gosto!

      Em fevereiro é bem menos provável que você pegue mau tempo em TDP, é alta temporada lá, faz menos frio, mas o parque tá lotadinho… Acho que ambas opções são boas, vai do que você quer conhecer primeiro 😉

      Beijo!!!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *