Blog posts

Sem censura

Sem censura

Bolívia, Histórias de viagem, La Paz

Inspirada num pedido de post ‘sem censura’, resolvi contar essa história bizarra que aconteceu comigo na última viagem, em dezembro/13.

Depois da cansativa viagem vinda de Uyuni, ônibus chacolhento e um trânsito terrível em El Alto, cheguei em La Paz. Como estava um dia antes do planejado, não tinha reserva para nenhum hostel lá, eu enviei um email pedindo para adiantarem a minha chegada no Loki para dia 24/12. Responderam que eles não tinham vaga no quarto que eu queria, então teria que ficar em um outro e mudar para o da reserva no dia seguinte .

Fiquei no bar do hostel para tomar uma cervejinha quente paceña. Tava bem divertido mas eu estava bem morta e fui dormir cedo, uma da manhã, por aí. Bom, entrei no meu quarto e escalei a beliche (respira, respira) e logo menos já dei uma cochilada. Devo ter dormido uma hora mais ou menos quando o resto do povo do quarto chegou…. uma converseira e talz, mas cobri minha cabeça e continuei a dormir, mesmo com a luz acesa. Aí a minha beliche começou a balançar e eu percebi o que estava acontecendo logo abaixo de mim… Nhec Nhec Nhec Nhec… A beliche tava quase caindo, sério! Não rolava simplesmente virar do lado e voltar a dormir…


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 15% de desconto em qualquer compra!


Depois de estar me sentindo bêbada de tanto balanço (rá rá rá rá rá rá rá lepo lepo… clima de carna, galera) na beliche resolvi dar uma reclamada, mandei procurar outro quarto, ir no banheiro, sei lá, mas o casal deu uma risada (acho que estavam muito chapados que nem tinham percebido que eu tava ali).

E uns 2 minutos depois voltaram, mais lentamente, achando que tavam sendo discretos, num nhec nhec slowmotion. Aí, eu no alto grau da minha criatividade, desci da beliche, sentei na cama do lado olhando pro casal e mandei um ‘GO OUT, NOW!’. E fiquei lá, sentadinha olhando pra bunda branca deles e esperando sairem kkkkkkk. Eu, na minha miopia sem lentes, não consegui ver muitos detalhes do porn que tava rolando mas deu pra perceber que não devia estar valendo muito a pena para a moçoila não, if u know what i mean… O mocinho (hihihi) se vestiu e saiu do quarto (eles estavam pelados 1000%, como se tivessem em casa, os bonitões) e a espanhola foi pro banho.

Quer conhecer a cidade de La Paz? Indicamos o Downhill na estrada da morte 😉

Voltei a subir na beliche e fiquei pensando em várias outras maneiras de eu ter expulsado eles (eu devia ter filmado isso?!) e cai no sono depois. Nunca tinha tido nenhum tipo de “problema” desse tipo em hostel e nunca na minha vida imaginaria que minha reação seria essa, hahaha. Mas enfim, foi divertido (provavelmente eles estavam se divertindo mais antes da minha, hm, intervenção).

Tem um tópico muito bom no mochileiros.com falando disso, rende horas de risada. Divirtam-se no carnaval, guys, mas não interfiram muito no sono alheio, ou vocês podem ser surpreendidos 😉

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou - só um pouco - no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *