Blog posts

Roteiro para o Atacama? 4 opções pra você!

Roteiro para o Atacama? 4 opções pra você!

Chile, Roteiros de viagem, San Pedro de Atacama

Se você está na dúvida de qual deve ser o seu roteiro para o Atacama, esse é o post que você estava procurando. Pra quem tem 3, 5, 7 ou até mesmo 10 dias pra curtir! Enjoy!

Como montar seu roteiro para o Atacama?

Dá pra montar o roteiro para o Atacama do seu jeito, adaptando às suas vontades e gostos. Não tem fórmula certa, mas o que você precisa saber é que os tours tem horários fixos e é difícil que uma agência faça os passeios em horários diferentes.

Então, se você quiser montar seu próprio roteiro para o Atacama, vai aí uma tabelinha com os horários de saída e chegada de cada tour (claro que pode variar, mas a maioria das agências segue essa lógica!):

Tour Horário de saída Horário de chegada Observações
Gêiseres del Tatio 4 AM Entre 1 e 2 PM Café da manhã incluído
Laguna Cejar Entre 2 e 3 PM Entre 7 e 8 PM Pisco sour e snacks
Lagunas Altiplânicas 7 AM Entre 1 e 2 PM Café da manhã
Piedras Rojas (inclui Altiplânicas) 6 AM Entre 3 e 4 PM Café da manhã e almoço
Vulcão Láscar (ou Cerro Toco) 5 AM Entre 2 e 3 PM Café da manhã e snacks
Salar de Tara 9 AM Entre 3 e 4 PM Almoço
Valle de la Luna/Muerte 4 PM Entre 7 e 8 PM Snacks
Termas de Puritama 8 AM 2 PM * tem agências que fazem a tarde
Valle del Arcoíris 9 AM 2 PM Snacks
Tour Astronômico 8 PM Entre 12 PM e 1 AM Chocolate quente
Os Gêiseres del Tatio e as suas piscinas termais
Os Gêiseres del Tatio e as suas piscinas termais

Mas se você não quer quebrar a cabeça montando o seu roteiro para o Atacama, eu tenho umas sugestões!

E se você quiser saber quanto custa, dá uma olhada nesse post aqui!

Roteiro para o Atacama: 3 dias (correria!)

Dá pra aproveitar sim e dá pra conhecer bastante coisa. Se você está indo pro Atacama na correria, ou no meio de uma viagem mais longa, e só tem 3 dias, eu sugiro esse roteiro aqui:

No seu roteiro para o Atacama não pode faltar essa experiência única na Laguna Cejar!
No seu roteiro para o Atacama não pode faltar essa experiência única na Laguna Cejar!

Dia 1:  Começando o roteiro um pouco mais sossegado, com o passeio a Laguna Cejar pela tarde e a noite com o tour astronômico.

Dia 2: O segundo dia é inteiro dedicado ao passeio mais bonito do Atacama – na opinião da humilde blogueira aqui. Piedras Rojas é um que não pode estar fora do seu roteiro!

Dia 3: Aproveite o último dia para acordar cedíssimo e conhecer os Gêiseres del Tatio e fechar o dia com o pôr do sol incrível no tour do Valle de la Luna e de la Muerte.


Ajuda a gente! 🙂 Usando os nossos links parceiros, você ajuda o OMMDA a continuar trazendo dicas:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 10% de desconto em qualquer compra!


Os detalhes dos passeios, você pode encontrar nos links 😉 E se quiser mudar alguma coisa, pode usar esse post que eu pitaqueio sobre todos os passeios que fiz no Atacama 

Roteiro para o Atacama: 5 dias (relax no deserto)

Comece com o roteiro para 3 dias e acrescente um relax a mais 🙂

Dia 4: O salar de Tara é lindíssimo e ver essas paisagens incríveis te tomará o dia inteiro! (Ó que esforço!)

Salar de Tara - maravilhoso!
Salar de Tara – maravilhoso!

Dia 5: Pra fechar esses dias no deserto mais árido do mundo, que tal relaxar em Termas? Deixe esse dia pra aproveitar as Termas de Puritama e fechar com chave de ouro!

Não erre na mala/mochila. A gente tem o post perfeito para você não esquecer nada pra essa viagem!

Roteiro para o Atacama: 7 dias (por que não esticar para a Bolívia?)

Com o roteiro pra 3 dias, acrescente os 4 dias finais para um dos passeios mais  IMPERDÍVEIS da América do Sul. O Uyuni é incrível e você pode viajar comigo para cada dia do passeio.

O dia 4 do roteiro vai ser entre lagos com as cores mais incríveis que você nem pode imaginar.

Já o 5º dia é atravessar o infinito deserto, parando para ver flamingos, uma árvore de pedra e terminando num hotel de sal!

A imensidão do Uyuni
A imensidão de sal do Uyuni

O dia 6 é no salar em si. Use toda a sua criatividade pra tirar aquelas fotos clássicas no uyuni!

O último dia é focado em voltar para San Pedro, sem grandes atrações pelo caminho… fim de viagem mesmo!

E se quiser andar de bicicleta pelo Atacama, dá pra economizar e curtir o Atacama de uma maneira diferente. Confira!

Roteiro para o Atacama: 10 dias (para os aventureiros de plantão!)

Pra quem quer explorar a fundo o Atacama e quer conhecer TUDO da região! A minha sugestão é, continuando o roteiro para 7 dias…

Roteiro para o Atacama
O caminho ao Valle del Arcoíris

Dia 8: Depois do Uyuni, um descanso merecido e cores infinitas do Valle del Arco Íris.

Dia 9: Aproveite pra descansar bem na noite anterior, porque esse dia será inesquecível. Já pensou em escalar um vulcão? O Láscar está a quase 5500 metros de altitude! Uma experiência que vai mudar sua vida!

Dia 10: Não dá pra voltar pra casa cansado… Termine a imersão atacamenha em Puritama!

Não se esqueça de mandar o post pra aquele amigo que tá planejando essa viagem MARA! E também não se esqueça de usar nossos parceiros para viajar, a gente agradece imensamente cada reserva na Booking e cada seguro comprado 🙂

 

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou – só um pouco – no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

39 Comments

  1. Deivson
    23 de setembro de 2016 at 19:26
    Reply

    5 dias era o que eu precisava. E já curti muito o Gêiseres del Tatio.

    • Deivson
      24 de setembro de 2016 at 18:59

      Tá, 2 dias ou 7 dias também estava bem bom!

    • Camila Lisboa
      26 de setembro de 2016 at 14:03

      Indo já tá bom, rs…

  2. Ana Carolina Miranda
    23 de setembro de 2016 at 22:16
    Reply

    Camila, lendo seus posts minha vontade de conhecer o Atacama aumenta a cada dia! Boas dicas!

  3. Eloah Cristina
    24 de setembro de 2016 at 10:43
    Reply

    Ah! Já sei que vou querer ficar na opção de 7 dias rsrsrsrs

    • Camila Lisboa
      26 de setembro de 2016 at 14:03

      Já é um bom começo 🙂

  4. Alessandra Fratus
    24 de setembro de 2016 at 10:52
    Reply

    Nunca fui pro Atacama, acredita?! Mas com um post redondinho desses vai ficar difícil não correr atrás de uma promoção! Hehehehehe! Adorei! Beijoo.

    • Camila Lisboa
      26 de setembro de 2016 at 14:02

      E olha, sempre tem promoção pro Chile! E a Sky Airline tem uns voos baratérrimos pra San Pedro… se a grana é a desculpa, já dá pra agilizar 😉

  5. Angelica Figueiredo
    24 de setembro de 2016 at 15:47
    Reply

    Eu sempre babo pelas fotos do Atacama! Adorei as dicas e o post, espero conhecer esse lugar incrível nos próximos anos! bjs

    • Camila Lisboa
      26 de setembro de 2016 at 14:00

      Pode planejar que vale a pena 🙂

  6. Melissa Lima
    25 de setembro de 2016 at 11:24
    Reply

    Olha, meu pai está indo pra correr no Atacama, a la Clayton Conservani do Esporte Espetacular! Já indiquei seu link pra ele e principalmente pra minha mae, aproveitar pra conhecer enquanto ele vai pro objetivo….rs! Lindas fotos!

    • Camila Lisboa
      26 de setembro de 2016 at 13:57

      Gente, que pique! =) eu não posso nem pensar nisso que já canso 😉

  7. Bianca Cavalcanti
    25 de setembro de 2016 at 13:30
    Reply

    Amei o post e anotei todas as dicas. 🙂 Que fotos lindas!! Estou com viagem marcada para o Chile em abril. Não vejo a hora…

    • Camila Lisboa
      26 de setembro de 2016 at 13:57

      Vai adorar! O Chile é lindo de norte a sul 🙂

  8. Itamar Japa
    25 de setembro de 2016 at 16:15
    Reply

    Demais Camila! Excelentes dicas! Um verdadeiro guia do Atacama! Parabéns! 😉

  9. Cynara
    25 de setembro de 2016 at 19:57
    Reply

    O Chile está em nossos planos para irmos em breve e o Atacama estará no roteiro com certeza. Dicas anotadas.

    • Camila Lisboa
      26 de setembro de 2016 at 13:56

      =) C H I chi! L E le! chi chi chi le le le viva Chile 🙂

  10. angie
    25 de setembro de 2016 at 22:34
    Reply

    7 e 8 dias tô dentrooooo \o/ chega logo novembro!

  11. Glauber
    26 de setembro de 2016 at 23:58
    Reply

    Ahhh que vontade de conhecer esse lugar, seus relatos é de encher os olhos =)

    Camila quantos dias devo reservar para ida e para volta, levando em consideração partir Desembarcar na Bolívia e seguir e voltar por Santiago no Chile?

    Obrigado.

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:18

      Ai, depende do seu ritmo de viagem Glauber… Mas entre 10 e 15 dias dá pra aproveitar bem 🙂

  12. Luis Felipe
    28 de setembro de 2016 at 18:28
    Reply

    Um lugar que me encanta. Tenho lido sobre o Salário de Uyuni e tenho cada vez mais vontade de ir!

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:17

      Salar + Atacama é uma viagem quase perfeita! Pode tirar do papel que vale a pena 🙂

  13. Ildineia
    9 de outubro de 2016 at 14:26
    Reply

    Olá Camila adorei seu roteiro para o Atacama, Estou querendo fazer em Maio Santiago 4 dias e Atacama 6 sendo livres os dias, você poderia me ajudar em relação ao Salar De Yuni saindo e retornando de San Pedro ? Sobre agências e se devo reservar Antes?

    • Camila Lisboa
      10 de outubro de 2016 at 18:49

      Oi Ildineia! Eu gostei muito da Cordillera Traveller pro Uyuni. Contei um pouco de como foi em uma série de posts, comece por esse aqui 🙂 Espero que te ajude!

  14. Vivianne
    24 de outubro de 2016 at 15:46
    Reply

    Olá Camila, você tem dicas para dar pra quem vai da Argentina?
    Estou pensando em Buenos Aires/ Córdoba/ Salta e daí Atacama e quem sabe Salar 😀

    • Camila Lisboa
      25 de outubro de 2016 at 12:06

      A primeira vez que fui pro Atacama, Vivianne, vim de Salta, Purmamarca e Tilcara (tem o roteiro da viagem aqui), mas sabe que eu não consegui escrever muito dessa região da Argentina? =/

      Tem muita coisa que fazer (em Salta, conhecer a cidade, o Museu Andino, o teleférico, Cachi, o trem a las nubes… Purmamarca tem o cerro de los 7 colores… tilcara com o Pukará). Dá pra fazer uma super viagem (eu, inclusive, queria ir de novo e aproveitar pra escrever mais aqui no blog desses lugares tão lindos <3

  15. Camila Faria
    12 de novembro de 2016 at 09:23
    Reply

    Olha, estou com muita vontade de ir fazer esse roteiro… Vou estudar direitinho. Quem sabe ele não sai do papel.

    • Camila Lisboa
      12 de novembro de 2016 at 17:11

      O Atacama é maravilhoso e você não vai se arrepender quando a viagem sair do papel!

  16. Murilo Pagani
    12 de novembro de 2016 at 14:07
    Reply

    Faaalei!?

    Ano que vem vou tirar essa viagem do papel de qualquer jeito!!!
    Não aguento mais só ficar lendo esses seus posts e ficar morrendo de vontade!

    O Melhor Mês do Ano será minha bíblia para essa trip!!

    🙂 🙂 🙂

    Abraço

    • Camila Lisboa
      12 de novembro de 2016 at 17:12

      Opa, e se vier pro sul do Chile me avisa!!! 🙂

  17. Katarina Holanda
    18 de Fevereiro de 2017 at 21:25
    Reply

    Amo esse post e vou defendê-lo!! Hahaha. Quero muito voltar pra conhecer o que não deu tempo.

    • Camila Lisboa
      23 de Fevereiro de 2017 at 15:38

      Voltando mil vezes ao Atacama e se surpreendendo mil e uma vezes 🙂

  18. Jéssica
    8 de novembro de 2017 at 12:53
    Reply

    Olá, vou para Santiago no dia 28 de dezembro e volto no dia 12 de janeiro. Estou muito em dúvida se de santiago, no dia 3 de janeiro, eu vou de avião para o Atacama ou se eu vou de carro para Pucón. Poderia me ajudar?

    • Camila Lisboa
      8 de novembro de 2017 at 16:29

      Oi Jessica! Acho que depende muito de você… Pucon no verão BOMBA! Então é bom se planejar o mais rápido possível 🙂

    • Camila Lisboa
      8 de novembro de 2017 at 16:30

      Mas, se você tá procurando opinião, rs… eu viria pro sul do Chile 😉

  19. Jéssica
    8 de novembro de 2017 at 22:53
    Reply

    Obrigada Camila!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *