Blog posts

Quanto custa fazer um mochilão pelo Uruguai?

Quanto custa fazer um mochilão pelo Uruguai?

Cabo Polonio, Colonia del Sacramento, Montevidéu, Planejamento, Punta Ballena, Punta del Diablo, Punta del Este, Uruguai

Em 14 dias de mochilão pelo Uruguai eu gastei pouco. Mas pouco mesmo! E isso porque é um dos países mais caros da América do Sul. Esse post tem detalhes de gastos dia-a-dia e, no final, 5 dicas pra você conseguir economizar bastante por lá!

Os gastos dia-a-dia estão todos nessa tabela aqui!

Mochilão pelo Uruguai Mochilão pelo Uruguai

Sim, foram só R$600. Não menti (e tenho as notas ficais, rs).

Mas aí vem as dúvidas:

Camila, mas eu não vi nenhum gasto de hospedagem nesse seu mochilão pelo Uruguai!

Bom, eu fui convidada por alguns hosteis uruguaios para essa viagem, então não paguei a hospedagem nesse mochilão.


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 15% de desconto em qualquer compra!


Colonia - Gastos Mochilão pelo Uruguai
Não precisa dormir na rua e se cobrir de folhas! Tem muitas opções baratas e de graça 😉

Dica 1: Se você quiser evitar esse custo, no Couchsurfing tem gente oferecendo o sofá em todas as cidades que eu passei! Todas! É só fazer o perfil e tentar a sorte. Eu viajei bastante pelo Chile e Argentina só usando CS e é uma experiência maravilhosa (e digna de um post que estou devendo aqui no blog!).

Como você fazia com a alimentação?

Dica 2: Como já diria a minha mãe, o café da manhã é a refeição mais importante do dia! Aproveite que em muitos hosteis ele é de graça e coma bastante. E isso serve pra todo mochilão, não só no Uruguai.

Aí, bem alimentada, eu seguia para a minha turistagem pelo dia todo, parando pra comer empanadas ou alguma outra comida de rua no caminho (ou no mercado, que tem bons preços!).

Punta del Este - Gastos Mochilão pelo Uruguai
Milanesa, milanesa, milanesa… Chivito, chivito, chivito…

Reserve com a Booking e ajude uma pobre blogueira a manter o blog cheião de dicas 😉

Deixava para comer alguma coisa mais “pesada” no jantar, onde eu cozinhava no hostel sempre (essa é a minha Dica 3).

E o transporte? 

O Uruguai é o país mais fácil da América do Sul pra se pedir carona. Sério!

Claro que tiveram alguns trechos que fiz de ônibus pra economizar tempo e pra ter a segurança que eu iria chegar na data planejada, mas tiveram vários que fui a dedo mesmo.

Colonia - Gastos Mochilão pelo Uruguai
Qualquer coisa, vai de bicicleta também!

Pode parecer gasto extra, mas quando você precisa e não tem seguro, a economia da sua viagem vai pro espaço!Seguro viagem america do sul 728x90

Dica 4:  Perca a vergonha e peça carona por lá, porque os ônibus são beeeem caros e isso pode encarecer e muito o seu mochilão pelo Uruguai.

Siga a gente no Instagram @omelhormesdoano e use a nossa hashtag #omelhormesdoano para aparecer todo sábado na nossa galeria

Montevidéu - Gastos Mochilão pelo Uruguai
Foto xodá de viagem <3

Câmbio no Uruguai

Nas cidades do norte o câmbio costuma ser bem mais baixo do que em Montevidéu e Punta del Este, então tente ir trocando aos poucos por lá.

Dica 5: de modo nenhum saque dinheiro no caixa eletrônico! As taxas são ridiculamente altas.

Montevidéu - Gastos Mochilão pelo Uruguai
Ande, se descabele, aproveite tudo e gaste pouco 🙂

Espero que as dicas sejam úteis e se você tiver mais alguma sugestão de formas de economizar, conta pra gente aqui nos comentários!

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou – só um pouco – no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

38 Comments

  1. Rozembergue
    18 de Fevereiro de 2016 at 19:20
    Reply

    Dicas valiosas!
    Quando estive por lá achei tudo caro e foi difícil economizar!
    Na próxima já sei o que fazer!
    Parabéns! Ótimo post!

    • Camila Lisboa
      19 de Fevereiro de 2016 at 08:44

      Obrigada pelos elogios 🙂 E sim, dá pra economizar sim! E sem passar fome *mas às vezes comendo porcaria, rs.

  2. Jon Salo
    19 de Fevereiro de 2016 at 13:25
    Reply

    Bem legal.. mas eu nao consigo pegar carona.. acho que é mais facil para meninas conseguir.. e também eu nao gosto de me aproveitar dos outros.. entao prefiro ir no bom e velho busão….

    ótimas dicas

    • Camila Lisboa
      19 de Fevereiro de 2016 at 14:47

      Oi Jon! Tudo certo?

      Bom, pra quem quer ir de busão (eu mesma viajo muito mais de ônibus, admito!) tem um post aqui falando de todos os preços dos principais trechos. Mas no Uruguai é tão tranquilo que me joguei na carona mesmo…

      Mas não acho que seja abuso, afinal, para se quer, certo? 🙂

      Valeu e continue seguindo! E obrigada pelo comentário, é ótimo saber a opinião de quem lê!

  3. Pedro
    22 de Fevereiro de 2016 at 10:59
    Reply

    Oi camila! Amei o post, fiquei triste quando percebi que ele estava acabando ;((

    Pode me dar algumas opiniões?

    – Vale mais a pena mochilão na Argentina ou Uruguai?
    – E ficar uma semana em cada país, é financeiramente viável?

    • Camila Lisboa
      22 de Fevereiro de 2016 at 13:51

      Obrigada 🙂 comentários assim deixam o meu dia mais feliz! Sério! <3

      - Poxa, que pergunta difícil! Eu diria que depende... No verão eu preferiria o Uruguai, porque dá pra aproveitar as praias e o país é lindo como um todo. Mas a Argentina tem regiões maravilhosas. Eu adoro o norte, que é bem barato, mas é legal encaixar com um mochilão pela Bolívia... E a patagônia <3 <3. No fim não sei se te ajudei, rs, mas acho que depende muito de qtos dias vc tem e qto quer gastar (mas ambos andam caros, infelizmente!)

      - Até é, mas no esquema 1 semana em BsAs e uma semana entre Colônia, Montevidéu e Punta... que facilita bem na locomoção, já que é tudo perto. Mas lembra que a Argentina é grande demais.. se quiser gasta uma semana indo de ponta a ponta dentro de um ônibus! rs...

      Beijos e boa sorte com o planejamento! Qualquer dúvida, só mandar mensagem 🙂

  4. Victor
    23 de Fevereiro de 2016 at 23:45
    Reply

    Nossa, quero gastar pouco assim!

  5. Evelyn Almeida
    27 de julho de 2016 at 09:47
    Reply

    Ameeeeeei seu blog, sério, organização com gastos, dicas super valiosas e pé no chão ! Parabéns mesmo 🙂

  6. angela sant anna
    9 de Janeiro de 2017 at 18:41
    Reply

    Bahhh saiu bem mais barato do que de carro! É isso que dividimos em 5 pessoas ajeuahjs

    • Camila Lisboa
      9 de Janeiro de 2017 at 18:49

      Perrengue feelings, guriaaaaa! 🙂

  7. Paula Trubat
    12 de Janeiro de 2017 at 06:49
    Reply

    Oi, Camila! Tudo bem?

    As suas dicas são mesmo valiosas. Queria tirar algumas dúvidas com você.

    A primeira é: que período você foi? Estou pensando em ir em Maio e com um pouco de medo de passar frio por lá. Será que as praias ainda valem a pena nessa época do ano?

    Outra dúvida: sei que existe um incentivo para que brasileiros usem o cartão de crédito em restaurante e assim ganham 18% de desconto nas refeições. Apesar de ser no cartão, a tarifa acaba valendo. Sabe alguma coisa sobre isso?

    Mais uma: Você lembra as casas de câmbio onde trocou moeda? E tem algum dos lugares que você foi em que valia a pena comprar em real ou em dólar, por exemplo?

    Obrigada! Beijos

    • Camila Lisboa
      13 de Janeiro de 2017 at 16:00

      Eu fui em Janeiro (e mesmo assim fazia um friozinho de noite!)…. então eu acho que em maio não vale tanto a pena para pegar praia, mais pra curtir da areia mesmo – entrar no mar é meio complicado =/

      E do cartão, é isso mesmo! Dá 18% de desconto por causa do imposto… mas aí acaba pagando em dolar + o 6% do imposto do brasil… Então fica um pouco mais barato, mas não acaba sendo 18%, é um pouco menos.

      As casas de câmbio… era sempre a com a melhor cotação, rs… Eu andava, andava, andava e a com o melhor valor, trocava… Sem nenhuma indicação específica 😉

      Beijos e boa viagem!!!

  8. Rafaela
    13 de Janeiro de 2017 at 02:07
    Reply

    Camila, adorei seu relato. Não fazia ideia de que era tranquilo pedir carona lá. Você acha que rola carona de Montevideu até Punta del Este, Valizas etc? Onde você pegou carona e quais foram os trechos? Obrigada!

    • Camila Lisboa
      13 de Janeiro de 2017 at 15:58

      Oi Rafaela 🙂 Obrigada pelo comentário!

      E nossa, é muito fácil! Eu ia de ônibus até a Rodovia e de lá, só levantar o dedão mesmo 🙂 Em Punta é muito fácil (dá pra ir andando, rs) e em Montevidéu precisei pegar um ônibus de linha… mas nada difícil não – fica meio difícil é explicar escrevendo, mas com um mapinha você se localiza fácil.

      De verdade, tendo vontade, já é mais de 50% do caminho pra conseguir a carona 🙂

  9. Marina
    20 de Janeiro de 2017 at 12:36
    Reply

    Olá Camila,
    Adorei suas dicas.

    Uma dúvida, pretendo ficar 9 dias por lá, qual é a sua sugestão, ficar em Punta dois dias (1 diária) ou só passar o dia lá e aproveitar Cabo Polonio mais dias?

    A principio não tinha pensando em Cabo, mas depois que vi fotos do local, pensei em incluir tbm.

    Beijos
    Marina

    • Camila Lisboa
      24 de Janeiro de 2017 at 14:43

      Ah, eu não gostei muito de Punta não… eu conheceria o básico em um dia e seguiria pra Cabo Polonio que é mais bonito! 🙂

  10. Beneth Santana Torquato
    19 de Fevereiro de 2017 at 16:53
    Reply

    Uruguai é show demais! Conheço apenas Punta del Este, mas quero voltar pra conhecer melhor o país. Ótimas dicas!

    • Camila Lisboa
      21 de Fevereiro de 2017 at 18:54

      Obrigada 😉 E eu fiquei 15 dias e falta coisa… ainda vou ter que voltar!

  11. Gabriel
    19 de Fevereiro de 2017 at 23:46
    Reply

    Olá, vou ficar 3 dias em montevideo, vc acha q 500 reias (+- 8 mil pesos) da pra comer e gastar no dia a dia?

    • Camila Lisboa
      21 de Fevereiro de 2017 at 18:53

      Dá sim 🙂 Pode ir com fé!

  12. Amanda Saviano
    5 de Março de 2017 at 23:46
    Reply

    Morro de vontade de fazer um mochilão pelo país!! Adorei as dicas!

    • Camila Lisboa
      14 de Março de 2017 at 18:41

      O Uruguai é muito lindo! Vale a pena demais 🙂

  13. Amanda
    18 de Março de 2017 at 19:36
    Reply

    Olá, fica caro do uruguai para bunos aires de barco? não consigo achar os preços, e queria fazer uruguai/argentina/chile ou só uruguai/argentina

    • Camila Lisboa
      11 de Abril de 2017 at 19:11

      Oi Amanda! Procura no site da Buquebus que lá tem os preços por horário 😉

  14. Monique Ferreira
    5 de Abril de 2017 at 14:25
    Reply

    Oi Camila, estou pensando em ir ao Uruguai.

    Adorei seu blog.

    Você foi sozinha? Estou pensando em ir sozinha pelo simples fato que minhas férias não bateu com período de férias doa amigos que gostam de viajar.

    Se sua resposta for positiva, o que achou do país quanto a segurança?

    Desde já agradeço as dicas dese blog

    • Camila Lisboa
      11 de Abril de 2017 at 16:36

      Fui sozinha sim e foi super super super seguro! É uma viagem bem tranquila para começar 😉

      Claro que em qualquer centro urbano, tem que prestar atenção, né? Mas não vi nada complicado nas minhas duas semanas! 😉

      Beijos!

  15. Herbert Espíndola
    19 de Maio de 2017 at 05:44
    Reply

    Oi Camila, tudo bem ?

    Sei que o post foi sobre o Uruguai mas vc saberia me dizer se com esses 600 reais, eu conseguiria mochilar na Argentina, conhecer os lugares, até a Patagônia, usando coachsurfing (nunca usei ainda). Ah, e qual melhor época do ano pra ir la, se no verão, ou no inverno!

    Obrigado parabéns pelo seu site!

    • Camila Lisboa
      19 de Maio de 2017 at 13:28

      Oi Herbert! Olha, com carona e couch daria pra viajar sim, mas se depender de ônibus e hostel não dá pra nem 5 dias =/ a Argentina anda cara, rpincipalmente os ônibus!

      E tem que ir no verão, porque no inverno é tudo bastante parado e dificílimo de conseguir carona =/

  16. Veronica
    19 de Maio de 2017 at 13:48
    Reply

    Camila, qual o valor da passagem aérea? (ida e volta – eu geralmente coloco estes valores no meu mochilão). E durante a viagem tu quase nem comeu, né? Eu viajo direto para o UY, moro no sul do Brasil, e sei que é bemmmm caro ali. Em Cabo Polônio, como fizeste com a hospedagem? (eu sei que passar uma noite em Cabo Polônio é extremamente caro, como conseguiste, afinal o pessoal vive apenas do turismo ali.)

    • Camila Lisboa
      20 de Maio de 2017 at 13:50

      Oi Veronica!

      Eu comi SIM (e muito, rs)… mas muita fruta, muita comida no hostel (verduras, legumes, arroz e carne!). Comer fora, lembro de uma vez ou duas!

      A passagem aérea aí depende muito, né? Época do ano, lugar onde você sai… Promoções! Por isso nem citei no texto (apesar de ter pegado com milhas).

      E em Cabo Polonio, consegui trocar a hospedagem por trabalho de divulgação, mas conheci gente que aceitava voluntarios (4 horas diarias por hospedagem) e até gente que recebia por couchsurfing 😉

      Qualquer outra duvida, só perguntar!!

  17. Milena
    26 de Maio de 2017 at 01:21
    Reply

    Olá, tudo bem? estou vendo seu blog pq estou planejando um mochilão pelo Uruguai e possivelmente pela Argentina tbm. Você acha um roteiro bacana? se tiver algumas dicas de roteiros eu aceito com maior atenção rs. E o custo deve ser baixo… o primeiro e ultimo mochilão que fiz gastei 4mil, 24 dias entre Bolívia, Chile e Peru, com tudo incluso, até passagens. Seria esse máximo de valor e essa média de dias. beijos e até breve ;*

    • Camila Lisboa
      26 de Maio de 2017 at 14:08

      Oi Milena! Dá pra fazer um roteiro legal pelos dois países (bom, só uma partezinha da Argentina) em 25 dias… Dos gastos, depende mais de você… O Uruguai e a Argentina são bem mais caros que Bolívia e Peru =/ mas, por outro lado, tem muita coisa pra fazer de graça…

      Se for no verão, eu faria um repeteco desse roteiro aqui e acrescentaria uns 7 dias em Buenos Aires… Muito mais que isso, acho que c omplicaria pelo preço de locomoção.

      Qualquer dúvida me pergunta 🙂

      Beijos!

  18. Fábio Nunes
    5 de novembro de 2017 at 21:29
    Reply

    Oi Camila, eu tenho muita vontade de viajar para o Uruguai, mas como irei sozinho eu fico com um pouco de medo, o que vc me sugere…

    • Camila Lisboa
      8 de novembro de 2017 at 16:32

      Vai na fé! É um dos países mais tranquilos da América do Sul para viajar sozinho 🙂

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *