Blog posts

Puerto Varas e Frutillar: o que fazer a beira do lago Llanquihue

Puerto Varas e Frutillar: o que fazer a beira do lago Llanquihue

Frutillar, Puerto Varas

Se você busca charme, esse par de cidades tem de sobra. Arquitetura, dois vulcões (sim, dois!) a beira de um lago, comida maravilhosa, um frio congelante no inverno e um calor gostoso no verão… Vamos? Sim ou sim?

Puerto Varas:

Na minha opinião é o lugar a se instalar, a cidade tem uma ótima estrutura de turismo, contando com várias opções para todos os gostos: hotéis bacanudos, hosteis charmosos e simpáticos e muita gente disponível na comunidade do CouchSurfing (que foi minha escolha 😉 ).


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 15% de desconto em qualquer compra!


Puerto Varas fica a beira do lago Llanquihue com a vista mais que privilegiada dos vulcões Osorno e Calbuco. Esse último me deu um trabalhinho, estava lançando cinzas pra todos os lados, o que deixou um dos principais pontos turísticos da região fechado por mais de mês. Mas não deixou de ser uma experiência bacana, estar ali tão próxima de um vulcão tão claramente ativo.

Ahhhh os vulcões
Ahhhh os vulcões

O que fazer?

Saltos de Petrohue: as famosas cachoeiras ficam dentro do Parque Nacional Vicente Perez Rosales e são de uma cor assustadoramente esmeralda com fundo pro vulcão Osorno. Uma paisagem de cartão postal. Pena que estava debeixo de cinzas e não pude ir 🙁 mas agora já está reaberto, custa CLP 1500 a entrada.

Petrohue
Petrohue

Casas coloniais: em Puerto Varas fizeram um circuito muito bacana das casas coloniais alemãs e nem precisa de um mapa, você vai seguindo as marcas no chão e encontrando as construções. O circuito não é muito grande, dá pra fazer tudo a pé em cerca de uma hora e meia de caminhada.

Uma das muitas casas coloniais alemãs de Puerto Varas
Uma das muitas casas coloniais alemãs de Puerto Varas

Costaneira: com a vista dos vulcões dá pra ficar horas e horas olhando a paisagem, não?

Museu Pablo Fierro: a construção em si chama a atenção para esse museu. O problema? Passei por lá 3 vezes e sempre estava fechado.

Museu Pablo Fierro em Puerto Varas
Museu Pablo Fierro em Puerto Varas

Parque Phillipe: um parque a beira do lago que tem uma vista linda. Vale a subida e te toma uma hora de caminhada pra subir e descer.

O Cerro Philippi, uma subida tranquila e uma viata linda do lago
O Cerro Philippi, uma subida tranquila e uma vista linda do lago
Puerto Varas
Puerto Varas

 Quer outras ideias do sul do Chile? Que tal conhecer Chiloé?

Frutillar:

A cidade é um charme. Mas preste atenção (coisa que não fiz, rs) e quando chegar lá desça do ônibus em Frutillar Bajo, que fica a beira do lago Llanquihue. Frutillar Alto é uma cidade comum, mas a parte que fica no lago é espetacular (nessa tive que andar uns 45 minutos de tonta!).

O que fazer?

Teatro del Lago: um lugar maravilhoso com uma vista ‘hermosa’. Diz que o teatro também é lindo por dentro, mas as visitas guiadas, que são diárias e sempre ao meio dia, me pareceram cara demais (CLP 4500) para um teatro.

O Teatro do Lago, em Frutillar
O Teatro do Lago, em Frutillar

Comer Kuchen: se delicie com esse doce alemão supertípico dessa região. Eu sugiro o de ‘Manzana con Murta’

Museu Colonial Alemão: um museu que já vale a pena só pela área externa, que é um parque lindo. Tem diversas construções que mostram como era a vida dos imigrantes muitoa anos atrás, quando vieram para colonizar essa região do Chile. Custa CLP 2500 a entrada.

Museu Colonial em Frutillar
Museu Colonial em Frutillar

Muelle Frutillar e a vista do lago: bom, disso não preciso comentar nada, né?

Frutillar <3
Frutillar <3

Como se locomover?

Entre as duas cidades há ônibus de linha, a viagem dura cerca de 45 minutos e custa CLP 1000.

Quanto tempo ficar?

No mínimo 2 dias, pra explorar o básico das cidades. Com Saltos de Petrohué aberto, um dia a mais. Se quiser skiar no Osorno, poe mais um dia 🙂

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou - só um pouco - no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

6 Comments

  1. Gata Balinesa
    6 de agosto de 2015 at 12:25
    Reply

    Gostei das fotos 🙂 to com chikungunya mas quero planejar uma viagem para Colômbia (Bogotá, Cartagena e San Andres), mas quero saber se as farc atuam nesses lugares q falei (Bogotá Cartagena e San Andres) e qual o clima desses lugares em julho?

    • Camila Lisboa
      11 de agosto de 2015 at 21:17

      Bogotá é sempre um friozinho (cerca de 15 a 20 graus), porque é alto…

      Mas no Caribe é calor o ano inteiro! Um calor insuportááável, inclusive hahaha

      E das FARC… Olha… Já faz tempo que a Colômbia é um país bem seguro para turismo. Algumas regiões mais na Amazônia aí sim tem risco… Mas nada turistico!

    • Gata Balinesa
      23 de agosto de 2015 at 00:22

      Oh, obrigada! Eu to com chikungunya há dez meses mas tenho muita…energia e vontade de viajar, topo qualquer lugar tranquilo e com estrutura, principalmente se for no litoral (amo o mar, talvez porque me traz lembranças idílicas de uma infância nem tão idílica num lugar há muito lotado de turistas), embora não goste muito de tomar banho de praia. Fiquei com vontade de conhecer Bogotá e San Andres. Quero conhecer Porto Rico. Você conhece? Qual sua opinião?

    • Camila Lisboa
      24 de agosto de 2015 at 13:16

      Morro de vontade de ir pra América Central, mas por enquanto ainda não fui 🙁

  2. Tatiane
    10 de dezembro de 2015 at 21:28
    Reply

    Boa noite! Adorei o post. Gostaria de saber qual a temperatura média em agosto. Irei para o Chile agosto/2016 com esposo e filha de 5anos, penso em ficar uns 8 dias em Santiago e 5 em Puerto Varas. Quero ver vulcão e neve. Pensei em Chillan mais achei os resort muito caro, pensei também em Pucon, mas decidi por Puerto Varas. Vc sabe se consigo comprar passagens aéreas no site da Lan Chile com cartão de crédito nacional (Brasil)? Tá saindo beeeem mais barato! Muito obrigada! Bjs

    • Camila Lisboa
      16 de dezembro de 2015 at 22:41

      Pelo site da LAN Chile é meio complicado, Tatiane, só com cartão chileno. Tenta pela Sky, tem voos bem baratos também (e bem mais baratos que a LAN!). Puerto Varas é linda e no inverno faz um friozinho sim, com mínimas chegando a 0 e pelo dia, cerca de 12 graus.

      E se der pra incluir Pucon, vale a pena também, a cidade é maravilhosa! 🙂 E tem muitas dicas aqui no blog também!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *