Blog posts

Piedras Rojas: cores incríveis em San Pedro de Atacama

Piedras Rojas: cores incríveis em San Pedro de Atacama

Chile, San Pedro de Atacama

Voltar ao Atacama pela terceira vez não estava nos planos: repetir lugar já não é a minha praia, ainda mais assim, tantas vezes… E depois de uma experiência ruim, dá menos vontade ainda, né? Mas o Mike da Ayllu Atacama me chamou e eu resolvi desempatar o jogo – a terceira experiência teria que ser boa pra salvar! E começo contando pra vocês sobre a ida a Piedras Rojas e Lagunas Altiplânicas, bora?

Detalhes detalhadinhos sobre o tour a Piedras Rojas:

Cedinho, ainda de noite, a van passa pra me buscar no hostel. Eu, naquela de viajante sem dinheiro, nem tomei café da manhã porque já sabia que estava incluído no tour – nos hosteis de SPA é raro que tenha café incluído e lógico que esse era o meu caso. E apaguei…

Acordei com o guia parando o carro pra gente dar uma olhadinha no que estava por vir…

Lá no fundo, o que estava por vir... Piedras Rojas!
Lá no fundo, o que estava por vir… Piedras Rojas!

Piedras Rojas

Várias fotos depois, vamos pras tais Piedras Rojas porque além de tirar foto eu quero é comer! E falando em tirar foto, cadê a minha GoPro?

– 5 minuto de desespero –

Estaria a GoPro por lá, onde tiramos as primeiras fotos? Vamos voltar lá de carro?

Momento ufa: A GoPro tava caída debaixo do banco. Ufa mesmo!

Foto inception! ;)
Foto inception! 😉

Os guias nos contaram muito de como a região foi formada, da influência dos vulcões na paisagem e um pouco dos animais que vivem por ali. Pra mim é uma parte super importante e sempre sou aquela chata curiosona que fica perguntando…

Enquanto os guias preparavam nosso desayuno chiquérrimo, a gente – babando pela paisagem – tava lá curtindo aquele lugar surreal. E por a gente digo a gente mesmo, nós, povo brasileiro! Só tinha BR BR nesse tour e, incrivelmente, foi demais 🙂 Normalmente sou meio ‘assim’ com hordas de brasileiros por aí, mas estávamos com um grupo divertidíssimo!

Não é só de foto que a gente vive, é de contemplação também!
Não é só de foto que a gente vive, é de contemplação também!

Caminhadas, poses e muitos cliques depois…

~Divando~ com essa mesa e esse café da manhã MARA em Piedras Rojas!

Piedras Rojas - Ayllu Atacama
E essa mesa cheia de frutas, café, bolinhos, chás… e nutella! 🙂 E nem falo da paisagem do fundo, né?

O bom é que fomos no nosso tempo e tínhamos todo o lugar só pra gente, já que a Ayllu sai antes de todas as agências e é a única que serve o café lá em Piedras Rojas, e só quando estávamos comendo as últimas bolachinhas caseiras que começamos a ver outras vans chegando. E aí a gente já tava seguindo pro próximo destino…

Uma parada especial no caminho…

Mas antes com uma parada para fotos de Instagram (e você, já segue a gente no @omelhormesdoano?).

E cadê meu celular?

– 5 minutos de mini ataque cardíaco –

Tava caído no banco da van. (Nunca mais uso essa calça de hippie com bolsos rasos).

E você achando que a melhor parte foi o início? Então… tenho a dúvida do que é mais bonito: Piedras Rojas ou as Lagunas Altiplânicas!

Além disso tem uma parada quase que desconhecida… o passeio com a Ayllu para nesse espetáculo de laguna, diz que não vale a pena se congelar um pouquinho pra tirar mais fotos?


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 10% de desconto em qualquer compra!


E essa cor de água, gente? Nem tava feliz...
E essa cor de água, gente? Nem tava feliz…
Piedras Rojas
A Laguna Tuyajto, maravilhosa descoberta!

Lagunas Altiplânicas

E, repeteco, porque as Altiplânicas eu já tinha conhecido em 2013, na minha primeira ida ao Atacama… Contada aqui!

Lá nas Lagunas também tivemos tempo para andar, fazer um pequeno trekking e aproveitei pra conversar com uma brasileira, que estava entrando no mundo das viagens depois de se separar. E nunca é tarde pra conhecer o mundo, né? Toda força dada e espero encontrar esse povo por aí – afinal o mundo é pequeno demais pros viajantes!

Nem preciso falar muito, acho que as fotos mostram quão linda é essa região das Lagunas Altiplânicas.

E a dica é desligar um pouco a câmera e contemplar! Tanto Piedras Rojas quanto as Lagunas são cenários ideais para meditar um pouco e fazer planos de vida, de viagens, de mudança…

Piedras Rojas e as paisagens %$&*# :)
Piedras Rojas e as paisagens %$&*# 🙂

A volta foi tranquila – sem perder mais nada – passando por alguns povoados no caminho, mas com a cabeça – de gordinha – pensando no almoço que estava nos esperando lá no delicioso Restaurante Ayllu, pra fechar com chave de ouro esse dia incrível!

Piedras Rojas
A entrada…
Piedras Rojas
E a sobremesa (o prato principal eu acabei devorando sem foto!)

Quanto tempo de tour?

Piedras Rojas é quase que um full day, saindo do hostel às 5 da manhã e voltando pra Ayllu, pra almoçar, mais ou menos às 4 da tarde.

E é muito bem aproveitado! =) Nem cansa de ver tanto lugar bacana!

Quem cansa de Piedras Rojas?
Quem cansa de Piedras Rojas?

Entradas: 

Em Piedras Rojas não se cobra a entrada, mas no Setor Lagunas Altiplânicas, do Parque Nacional Los Flamencos são cobrados 3000 pesos chilenos por pessoa de entrada (para idosos CLP 2000 e crianças CLP 500).

O Rafael, do Viagem Primata, foi a Piedras Rojas também! Então, se você quer se aprofundar um pouquinho mais sobre os vulcões e aproveitar e ver uns vídeos sobre a experiência, dá um pulinho aqui!

Dicas importantes para sobreviver para curtir Piedras Rojas e Lagunas Altiplânicas

O tour chega a mais de 4000 metros e, pra essa altitude, todos os detalhes contam:

    • Leve uma garrafinha com água e se mantenha constantemente hidratado (essa dica serve pra todos os dias no Atacama, viu!);
    • Aguente a fome da manhã e deixe pra comer o café da manhã do tour, subir de San Pedro e chegar a 4000 metros com o estômago cheio vai te fazer sentir mal durante o caminho;
    • E pode aproveitar pra dar uma dormidinha na ida! Os guias (e o sol) vão te acordar quando estiver mais claro;
    • Sem loucuras de correr, pular, se jogar… vai na calma!;
  • (Se controla na foto louca);
  • E vai bem abrigado, sempre, mas sempre vai fazer frio nessa região. Calça jeans, um bom fleece, um corta vento, cachecol… leva tudo! Pior dos casos, deixa na van se sentir calor – mas não vai sentir, rs;
  • Dorzinha de cabeça é normal… mas se aumentar muito, avise o guia!;
  • E no café da manhã, manere no café (é difícil, eu sei), uma xícara de chá de coca pode te ajudar durante o dia;
  • Sem frescura: só tem banheiro nas Lagunas Altiplânicas! E tava uma fila MONSTRUOSA! (Adivinha quem teve que usar o ‘baño inca’? o/);
  • Complementando a dica anterior: lenços de papel são bem úteis! Nariz escorrendo e ‘baño inca’ pedem lencinhos.

Porque escolher a Ayllu?

Porque é a única agência que te leva pra tomar café da manhã com essa paisagem maravilhosa em Piedras Rojas!

E com essa mesona!
E com essa mesona!

Fora o serviço que é demais <3 Você sai de lá com dó de voltar pra casa, vira família dos guias e o pessoal da agência e é tratada como rainha!

É um investimento que vale a pena!

Piedras Rojas

Viajamos à San Pedro com o delicioso convite da Ayllu Atacama. E não é por isso que deixamos de escrever o que pensamos e a nossa opinião sobre tudo! Nos mantemos isentos e fiéis com vocês, amigos 😉

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou – só um pouco – no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

24 Comments

  1. Rozembergue
    5 de julho de 2016 at 20:43
    Reply

    Lindas paisagens! Que vontade de conhecer o Atacama!

  2. Luciana de Campos Assis
    30 de setembro de 2016 at 14:19
    Reply

    Ca seu post só me deixou mais doida ainda para correr pro Atacama!! Menina que lugar lindo!! Suas fotos estão perfeitas!!!!

  3. Itamar Japa
    30 de setembro de 2016 at 15:26
    Reply

    Que demais! Cada post seu nos instiga a querer colocar a mochila nas costas e partir imediatamente… Cada lugar lindo! Parabéns novamente!

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:12

      Já te falei que você precisa voltar pro Chile?!?! =D

  4. Alessandra Maróstica de Freitas
    30 de setembro de 2016 at 21:31
    Reply

    Que lugar fantástico! As fotos estão lindas e fiquei imaginando como deve ser ao vivo. PRECISO conhecer!!!

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:11

      As fotos nem mostram todas as cores… esse lugar é um espetáculo!

  5. angie
    30 de setembro de 2016 at 23:50
    Reply

    mas eh muito retardado de bonito ne pqp chega logo novembroooo

  6. Cristina e Renato
    1 de outubro de 2016 at 13:22
    Reply

    Olá, Camila!!! Há anos tenho vontade de conhecer o Atacama, está faltando férias na minha vida, rs. As fotos estão maravilhosas e só aumentaram o meu sonho! Aliás, que mesa de café foi essa? Maravilhoso! Abraços, Cristina – Blog Pegadas na Estrada

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:10

      Gente, esse café da manhã com essa vista é uma coisa de louco! Voltaria só pela nutella com essa paisagem =D

  7. Taís
    1 de outubro de 2016 at 18:44
    Reply

    Essa região é sensacional mesmo!
    Eu tive oportunidade de ver as lagunas altiplanicas do lado Boliviano e fiquei completamente apaixonada. Fiquei pouquinho no Atacama e não pude aproveitar os passeios ao redor, preciso muito voltar um dia e claro incluir Piedras Rojas no roteiro! 🙂

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:03

      A minha primeira vez no Atacama foi igual… fiquei pouquinho e tinha ido na Bolívia também. Mas deu vontade de voltar pra conhecer mais (e valeu a pena demaaaaaaaaaais!).

      Dá mais uma chance pro Atacama 😉

  8. Dayana
    2 de outubro de 2016 at 09:28
    Reply

    Que Piedras Rojas era um lugar lindo, impressionante e com cores para lá de vivas, eu até sabia. Mas essa do café da manhã… hummm… me deixou tentada! hahaha

  9. Katarina Holanda
    2 de outubro de 2016 at 11:46
    Reply

    Incrível! Meu preferido <3 Uma pena eu ter passado super mal no dia que eu fui. 🙁 Quero voltar mais preparada pra altitude pra conseguir curtir mais. Fotos lindas!

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:00

      Jura? Altitude só me fez sentir meio estranha no Lascar mesmo… Mas cada pessoa muda, né? E inclusive isso muda de viagem pra viagem… Pode ser que na próxima vez você tenha mais sorte 😉 #oremos

  10. Escolho Viajar
    2 de outubro de 2016 at 13:53
    Reply

    Oi Camila! Poxa, se é para ser assim dá para ir pela terceira vez, não é mesmo? Essas fotos estão de mais e eu imagino que ao vivo deve ter sido realmente incrível!

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 20:59

      San Pedro dá pra ir segunda, terceira, quarta, quinta vez… só surpreende <3

  11. Liliane Inglez
    2 de outubro de 2016 at 17:27
    Reply

    Gente, cada vez mais convencida de que preciso conhecer o Atacama!!!! Que lugar lindo! Fotos incríveis!!! Parabéns!

  12. rafael bandeira de oliveira
    13 de outubro de 2017 at 01:04
    Reply

    Piedras Rojas é um lugar espetacular ………..q beleza

    • Camila Lisboa
      29 de outubro de 2017 at 18:37

      Meu preferido, viu 🙂

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *