Blog posts

Caminhando por Pucón: Parque Nacional Huerquehue

Caminhando por Pucón: Parque Nacional Huerquehue

Chile, Pucón

Sabe quando você quer ir em um lugar de qualquer jeito? Que vai até debaixo de tempestade? Foi mais ou menos o que aconteceu comigo.

Na verdade rolou um exagero… Eu tava mesmo querendo é fazer alguma coisa e o maldito clima de inverno de Pucón estava sendo o clima de inverno de Pucón: uma chuva chata que não parava. Mas eu tinha uma esperança, um ‘pouca chuva’ na previsão do tempo me deu forças pra acordar as 7 da manhã num frio do demo pra ir pra lá.

Os ônibus pro parque saem as 8:30, 13 e 16 h mas eu recomendo FORTEMENTE pegar o logo cedo pela manhã, assim dá pra fazer as trilhas até as lagunas sem pressa.

Parque Nacional Huerquehue

Foto por: Felix Ledesma

As trilhas no parque no geral são bem demarcadas e a mais clássica, pra quem vai um dia, é chegar aos Lagos Verde, Chico, Toro e Huerquehue. Esse percurso demora cerca de 3 a 4 horas para a ida, depende do ponto onde você quer chegar. A ida é bem mais chata, a volta dá pra fazer em 2 horas e pouco.

Acompanhe a gente no Instagram @omelhormesdoano

Bom, um pouco da trilha…. Foco, o começo é uma subida meio chata no meio do bosque. A coisa começa a valer a pena mesmo na parte da subida de verdade, onde tem alguns Mirantes que dá pra ver o parque.

Daria.

Lembra que eu falei que a previsão falava de pouca chuva? Então. Não. Choveu pesado durante toda a trilha, o impermeável da jaqueta não deu conta, nem o da bota e nem daria mesmo, chovia pra c%+}!~=.

Aí a vista linda e a cara de animada era essa:

Parque Nacional Huerquehue
Um sorriso amarelo molhado…

E continua a chuva…

E continua a subida.

Uma coisa pra te deixar feliz é que tem alguns pontos que te falam a estimativa de horas para chegar aos lagos. Elas são bem negativas, rs. Você vai ficar feliz e achar que está super em forma 🙂

Parque Nacional Huerquehue
Supostamente seria verde. Não vi nada, só chuva!

O Lago Verde é maravilhoso, vale muito a pena ir em quase todas as épocas do ano (menos na que eu fui, rs). No inverno mesmo, quando começa a nevar, o parque fica MARAVILHOSO. Olha essas fotos que meu amigo Felix, o guarda florestal (já falei que sou profissa em fazer amizade com os guardas?), tirou de lá:

Parque Nacional Huerquehue
O parque no auge do inverno. Fala sério, voltando lá em 3, 2, 1…
Parque Nacional Huerquehue
Parece sonho, né?

No verão, os dias de sol te ajudam a aproveitar muito a trilha, e a vista com o céu azulzinho só dá mais força pra subir.


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 15% de desconto em qualquer compra!


Preço:

A entrada no Parque Nacional é de CLP 4500 na temporada alta, mas no inverno é mais barata, me saiu CLP 2000.

Como chegar?

Os ônibus da viação Caburgua te levam até o parque. Custam CLP 3600 se você comprar a ida e a volta de uma vez. Os horários de ida são 8:30, 13 e 16 h e de volta 9:30, 14:10 e 17:10. No verão tem a opção de ida e volta mais tarde, 18:20 e 19:30.
Mais opções?
Sim! Tem a trilha San Sebastian que é mais difícil e toma cerca de 4 horas a ida.

Quer outra opção de trilhas? Já viu nosso post sobre o vulcão Quetrupillan?

Pros mais preguiçosos, chegar até o Mirador 1 e conhecer a cachoeira Nido de Águilas já vale a visita.

Ou o Sendero Auto Guiado Ñirrico, de 0,9 kilômetro.

Parque Nacional Huerquehue
Bem fácil, mas lindo também! E bacana pra quem viaja com crianças.

O parque é bem organizado, muito bem cuidado e pra quem gosta de trilhas é mais um MUST DO em Pucón, junto com a subida do Quetrupillán e a Reserva Natural El Cañi, que conto nesse post aqui pra vocês.

Comente e faça uma blogueira feliz 🙂

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou - só um pouco - no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

17 Comments

  1. Dayane Oliveira
    13 de fevereiro de 2016 at 16:35
    Reply

    Camila, as trilhas que possuem em Pucón precisam de muito preparo físico?

    • Camila Lisboa
      17 de fevereiro de 2016 at 09:21

      Hm, não exatamente. Essa do Huerquehue tem umas subidas que cansam, então é bom ir já sabendo disso (e lá é bom porque tem as placas falando a kilometragem que falta, assim você consegue avaliar tendo noção da distância).

      A escalada ao vulcão não recomendo pra gente que é muito sedentária, porque é cara e tem muito, mas muito brasileiro que não dá conta (andar na neve cansa muuuuuuito) e aí perder a grana e não chegar… dá dó! =/

      O El Cañi (tem post aqui no blog também!) tem uma caminhada que começa tensa (sobe sobe sobe), mas depois é bem tranquila!

    • Dayane Oliveira
      29 de fevereiro de 2016 at 15:45

      Camila, obrigada por todas as dicas. Fui pra Pucón e foi maravilhoso, só não fiz o vulcão pois fiquei doente durante a viagem e pagar e não conseguir é osso! Sou muquirana…rsrsrs. Tentei ficar no hostel que você indicou mas não consegui, estava lotado 🙁
      Seu blog é o melhor!

    • Camila Lisboa
      29 de fevereiro de 2016 at 19:13

      Ahhh que bom que as dicas te ajudaram! E bom, sempre terão oportunidades de voltar 🙂 Pucón é uma cidade charmosa e que vale a pena!

      🙂 Obrigada pelos elogios! Beijo Beijo!

  2. Marcelle Angeleli
    20 de novembro de 2016 at 17:43
    Reply

    Camila, você foi sozinha para o parque? Foi tranquilo? Vou sozinha pra lá ano que vem e ainda tenho um pouco aquela neura brasileira de mulher sozinha dependendo do lugar rsrsrs
    Ah, e valeeu pelas dicas ;*

    • Camila Lisboa
      21 de novembro de 2016 at 16:51

      Fui sozinha sim e foi super de boa! Nem se preocupa, que é bem seguro 🙂

      Beijooooo e aproveita muito Pucón 🙂

  3. Alexandre Almeida
    12 de maio de 2017 at 15:54
    Reply

    OI Camila tudo bem, suas dicas me parecem bem legais. Vou a Púcon no final de Agosto deste ano e quero muito fazer esta trilha, pelo jeito vou encarar muita neve, o seu post é de Setembro foi nesta mesma época que você foi?
    E só pra entender você faz a trilha e vai até o Lago Verde e volta pelo mesmo caminho?
    Abs!

    • Camila Lisboa
      12 de maio de 2017 at 19:29

      Oi Alexandre!

      Eu fui em maio na verdade, em agosto é provável que tenha muita muita muita neve! 🙂 Mas é massa assim!

      E a ida e a volta é pelo mesmo caminho!

      Qualquer outra dúvida, só perguntar!

      Camila

  4. Fabio
    20 de agosto de 2017 at 13:05
    Reply

    Camila, qual parque você recomenda no final do inverno (setembro) para grávidas? dá para acessar os parques de carro ou tem neve nas estradas? obrigado pelas dicas!!!

    • Camila Lisboa
      8 de setembro de 2017 at 16:18

      Fim de setembro depende.. pode ter neve e barro ainda…

      O El Cañi e o Huerquehue não tem caminhadas exatamente fáceis, então tem que ver o quão grávida (rs) a pessoa está pra ver se dá conta… tem que considerar que são mais de 5 horas de caminhada e muita subida, viu

  5. Camila
    15 de outubro de 2017 at 13:22
    Reply

    Camila, você sabe se o parque está aberto para visitas no dia 01/01?

    • Camila Lisboa
      30 de outubro de 2017 at 13:11

      Sim! Todos os parques nacionais do Chile estão abertos todos os dias do ano, exceto por motivos climáticos (tive que mandar um email pra CONAF pra conseguir a resposta 😉 )

  6. Leonardo Vieira
    24 de outubro de 2017 at 08:43
    Reply

    Camila, onde que eu pego os ônibus para o Parque Nacional Huerquehue? Valeu pelas dicas!!!!!!!

    • Camila Lisboa
      29 de outubro de 2017 at 18:22

      Todos os terminais de ônibus de pucon ficam na mesma quadra 🙂 impossível se perder 😉 Fica ao lado do terminal da JAC 😉

  7. Graciela
    26 de outubro de 2017 at 20:54
    Reply

    Olá Camila!
    Estaremos em Villarica e Pucon agora em dezembro. Gostaria de saber onde fica o ponto do ônibus da viação Caburgua que leva ao parque? Obrigada

    • Camila Lisboa
      29 de outubro de 2017 at 18:20

      Oi Graciela 🙂 fica no centro, agora não lembro da rua.. rs… Mas todos os terminais ficam no mesmo quarteirão, impossível se perder!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *