Blog posts

Roteiro Mochilão Argentina, Chile e Bolívia

Roteiro Mochilão Argentina, Chile e Bolívia

Argentina, Bolívia, Chile, Copacabana, La Paz, Purmamarca, Roteiros de viagem, Salta, San Pedro de Atacama, Tilcara, Uyuni

Como dá pra perceber aqui, no meu primeiro mochilão, fui pra Peru e Bolívia, mas não fui no Salar nem San Pedro de Atacama, que é uma coisa até que comum nos roteiros do pessoal. Mas isso nem foi o grande motivador desse mochilão… Eu meio que ‘encano’ com os lugares e começo a montar o roteiro a partir daí. A encanação da vez foi Salta e o tal do tren a las nubes (que no fim, nem foi tão legal assim, rs), mas foi o ponto chave pra montar a ideia do roteiro Mochilão Argentina, Chile e Bolívia.

Roteiro Mochilão Argentina, Chile e Bolívia
Paisagens inacreditáveis de Cafayate no nosso Roteiro Mochilão Argentina, Chile e Bolívia

Em busca de baratear os custos fiquei buscando n possibilidades e o que surgiu de mais barato, mas um pouco cansativo, foi ir por Santa Cruz de la Sierra (de avião e não trem da morte) e começar de lá a viagem.

O que deu foi esse roteiro aqui, que teve um gasto total de USD 1300 por pessoa, fora as passagens até SCLS, que saíram nas milhas 😉

Roteiro Mochilão Argentina, Chile e Bolívia
Roteiro Mochilão Argentina, Chile e Bolívia tem que ter Salar de Uyuni<3

Roteiro Mochilão Argentina, Chile e Bolívia

Dia 1: voo SP/SCLS/ônibus pra Salta

Dia 2: + ônibus pra Salta  dá-lhe kilometragem

Dia 3: Salta – conhecer a cidade e fechar os passeios

Dia 4: Salta – bate e volta em Cafayate (o plano era passar 2 dias lá, mas acabou dando errado)

Dia 5: Salta – dia livre pra conhecer a cidade, ir nos museus

Dia 6: Salta – bate e volta San Antonio de los Cobres

Dia 7: Salta/Tilcara 

Dia 8: Tilcara – Garganta del diablo


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 15% de desconto em qualquer compra!


Dia 9: Tilcara – Pucará de Tilcara e ida para Purmamarca

Dia 10: Purmamarca – Conhecer a cidade e fazer as trilhas

Dia 11: Purmamarca/San Pedro de Atacama 

Dia 12: San Pedro de Atacama – pesquisar agências (preços e serviços) pros passeios e pro Uyuni – fui à Laguna Cejar também

Dia 13: San Pedro de Atacama – Lagunas Altiplânicas

Dia 14: San Pedro de Atacama – Geiseres del Tatio

Dia 15: San Pedro de Atacama – Valle de la Luna e de la Muerte

Dia 16: San Pedro de Atacama/Uyuni – 1º dia do Salar

Dia 17: Uyuni – 2º dia do Salar

Dia 18: Uyuni – 3º dia do Salar e ida a La Paz a noite

Dia 19: La Paz –  Andar na cidade e fechar os passeios

Dia 20: La Paz –  Ceia de natal alcoolica no Loki

Dia 21: La Paz – Chacaltaya

Dia 22: La Paz – Mirador Kili Kili e mais La Paz

A Booking tem muitas opções de hospedagem pra esse roteiro. Reserve pelo nosso link e ajude o OMMDA a crescer 🙂

Dia 23: La Paz/Copacabana – Subida Cerro Calvário

Dia 24: Copacabana Isla del Sol

Dia 25: Copacabana/La Paz 

Dia 26: La Paz – Preparativos pro ano novo

Dia 27: La Paz – Ressaca de réveillon

Dia 28: La Paz/SCLS 

Dia 29: SCLS/SP  

Tem fotos lindas? Use a nossa hashtag #omelhormesdoano no Instagram que a gente reposta no @omelhormesdoano

Roteiro Mochilão Argentina, Chile e Bolívia
Cactus gigantes no nosso Roteiro Mochilão Argentina, Chile e Bolívia

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou – só um pouco – no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

11 Comments

  1. Lua
    8 de Abril de 2015 at 16:15
    Reply

    tem como fazer ir de Salta direto para o salar de uyuni?
    bjss

    • Camila Lisboa
      9 de Abril de 2015 at 15:58

      Direto não. As opções seriam:

      1- essa que eu falei no blog, indo por Atacama
      2 – subir por Jujuy e atravessar a fronteira com a Bolívia chegando em Tupiza, de lá se consegue fechar o passeio também (e é uma logística mais fácil do que subir até Uyuni, fica mais circular o roteiro). A única coisa é que deve ter menos opções de agências do que em Uyuni, mas mesmo assim acho que compensaria.

      🙂

      Do que eu sei é isso, se descobrir mais alguma coisa, conta pra gente!

      Beijos e boa sorte, Lua!

  2. Igor Lopes
    16 de Janeiro de 2016 at 22:25
    Reply

    No total deu quanto pra fazer esse percurso todo?

    • Camila Lisboa
      19 de Janeiro de 2016 at 22:51

      Fora as passagens gastei 1000 dólares na época, Igor. Mas alguns passeios subiram um pouco o preço 🙁

  3. Caio Chactoura
    24 de Janeiro de 2016 at 23:42
    Reply

    Parabéns Camila, o blog está sensacional!!! Está ajudando muito no meu roteiro, que bem parecido com o seu. Depois de Copacabana vou seguir para o Peru. Mas vamos as dúvidas e paciência comigo sou mochileiro de primeira viagem rsrsrs…

    DÚVIDAS…. (e são muitas)

    1ª – De Puumamarca para San Pedro você fez de ônibus imagino, se lembra da empresa, se tinha disponibilidades de horários, valor, você chegou no mesmo dia a San Pedro?

    2ª – Em San Pedro do Atacama, li que no mesmo dia que agendou os demais passeio fez o tour a Laguna Cejar. Esse tour saí mais ou menos que horas?

    3ª – No seu último dia no Salar, que horas mais ou menos você chegou em Uyuni e tinha disponibilidade ônibus e horários para La Paz?

    4ª – Em La Paz, Será que dá pra agendar os passeio e ir no mesmo dia? Não sei se a hora que vou chegar de Uyuni da pra agendar alguma coisa e eu queria fazer o passeio de dowhill no 1º dia e o Monte Chacaltaya no 2º. E falando em Chacaltaya que horas acabou seu passeio para lá, pois também não quero fazer o passeio do Valle de la Luna?

    5ª – E última pergunta, eu juro. Não achei muita coisa falando sobre a Isla del Sol aqui no blog. Vale apena dormir na ilha ou apenas um passeio de um dia está bom? A questão é, eu até gostaria de dormir lá, ver o sol nascendo, mas estou com o cronograma meio apertado. Tipo se eu dormisse lá, no dia seguinte será consigo ir para Puno fazer o tour pela ilhas flutuante e ainda ir para Cusco?

    Pronto acabou!!!! rsrs…

    Desde já agradeço Camila, se puder tirara minha dúvida irá me ajudar bastante.

    Valeu, abraços!!!

    • Camila Lisboa
      25 de Janeiro de 2016 at 21:14

      Ai, quanta coisa hahaha

      1 – não lembro a empresa, mas são três elas se revezam pelos dias, mas o que i porta é que todo dia tem. Comprei em Salta e embarquei em Purmamarca (não sei se em Purmamarca vende). Saí depois do café da manhã (tipo umas 9) e cheguei perto das duas em SPA

      2 – o tour da Cejar sai as 16 horas em 99% das agências

      3 – cheguei em La Paz cerca de 4 da tarde e peguei um ônibus pra La Paz que saia as 8 da noite

      4 – o do Downhill não dá porque sai às 7 da manhã e eu recomendo que você vá descansado, rs. O Chacaltaya acho difícil também, porque normalmente sai por volta das 10. Mas as vezes dá, principalmente se fechar com a uma agência dentro do hostel (os mais conhecidos tem)

      5 – sabe quantas vezes que fui na Isla del Sol? 3 vezes! E tenho a maior vergonha de não ter escrito aqui ainda hahaha. Acho difícil dormir lá e conseguir fazer esse pique, mas não impossível. Mas pra garantir, acho que só mesmo dormindo em Copa (mas dá pra aproveitar bem o dia mesmo assim)

      Ufa! Terminei 🙂

      Qualquer outra dúvida (é possível? Hahah) manda aí! E ah, não esquece de ajudar a gente e usar o link da booking do blog pra fazer as reservas pra viagem!

  4. Jose Geraldo
    30 de outubro de 2016 at 14:13
    Reply

    Ola Camila, estou programando um roteiro parecido, mas em 2 semanas. Salta (ficar qto tempo e como ir pra), Sao Pedro de Atacama (ficar qto tempo pra conhecer Geisers, Vales e Lagunas e como ir pra) Uyuni (Salar e como ir pra) La Paz (lago Titicaca, qto tempo e como ir pra) Cusco e Machu Pichu (qto tempo ficar). Como e por onde voltar, Lima ou La Paz? Qual a melhor época pra ir? Onde contratar os passeios, por aqui ou chegando la? Sou de Vitoria ES. Ir por Buenos Aires ou Assunção, ou Santa Cruz? É fácil fechar os hotéis por aqui ou precisa ver la? Quais opções de boas comidas e bebidas? O que não pode perder e o que não vale a pena fazer? De abç e grato.

    • Camila Lisboa
      31 de outubro de 2016 at 17:44

      Oi José!

      Acho que da passagem aérea tem duas opções: uma é você seguir o que eu fiz (chegando em Santa Cruz de la Sierra, que costuma ser mais barata) ou ir para La Paz, que eu acho que seria mais fácil, mas nem sempre tem bons preços.

      Dos hoteis, dá pra fechar por lá dependendo da época. Na baixa temporada, dá, mas na alta, corre o risco de perder bastante tempo buscando… se for reservar algum antes, não esquece de usar o nosso link da Booking que ajuda o blog 🙂

      Em Salta a comida é muuuuuuito boa! E no Titicaca nao pode deixar de provar a truta!

      Beijos e boa sorte na viagem 🙂

  5. Leandro
    18 de novembro de 2017 at 11:42
    Reply

    E aí Camila beleza ? Meu primeiramente parabéns pelo post e obrigado !
    Tô querendo saber como tu fez pra ir de SCLS até Salta de ônibus , tu sabe me informar as empresas ou se é de boa conseguir essas passagens por lá ? Obrigado !

    • Camila Lisboa
      21 de novembro de 2017 at 12:35

      Oi Leandro!!! Eu comprei la na hora e consegui até que fácil… rs… Não lembro mesmo a empresa (faz uns anos já essa viagem) mas se prepara que a viagem é looooooonga, rs..

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *