Blog posts

Laguna Llanganuco: paisagens lindas em Huaraz

Laguna Llanganuco: paisagens lindas em Huaraz

Huaraz, Peru

Preciso confessar, mesmo sendo a mochileira mão-de-vaca convicta, que quer gastar pouco e que não gosta de tour, resolvi esse dia dar o braço a torcer e embarcar nessa furada missão para conhecer os arredores de Huaraz e em especial, a Laguna Llanganuco.

Ah, e não foi nada furada… apesar de ter alguns pontos “não tão altos” assim.

Primeiro, preciso contar a minha rotina em Huaraz pra vocês, que consistia em:

  • acordar
  • tomar café
  • ir pra rua negociar os tours que estavam saindo em 10 minutos

Nessa de ‘viver perigosamente’ eu cheguei a economizar metade do preço dos tours, que foi esse caso, mas né, corre-se sempre o risco de não fazer nada o dia todo se os tours estiverem lotados.

Laguna Llanganuco
O melhor a gente deixa pro final, mas aqui a gente te deixa dar uma olhadinha 😉

Como é o tour?

O tour é cheio de paradas estratégicas, vulgarmente conhecidas como pega turista. Mas algumas valem muito a pena e a gente conta tudo!

Carhuaz

Lúcuma? Algarrobo? Guanábana? Tuna? Nomes estranhos pra você? No Peru esse são sabores de sorvetes bem conhecidos (e bem gostosos!).

Laguna Llanganuco - Carhuaz
Eu não lembro os sabores… mas eram 3 e tavam uma delícia!

Campo Santo de Yungay

Pra mim, o ponto alto do tour (tá, não dá pra negar que fechar com a Laguna foi maravilhoso também), foi conhecer a cidade de Yungay, no caminho à Laguna Llanganuco, que tem uma história trágica e recente.

Laguna Llanganuco - Yungay
A calmaria desse lugar não reflete a história de tudo o que passou ali

Em 1970 um terremoto arrasou o Peru, mais de 50000 pessoas morreram por todo o país, uma tragédia triste para a nação.

Mas em Yungay, o reflexo foi ainda maior… Do Nevado Huascaran, símbolo da Cordilheira Branca, que nos acompanha para todos os lados dessa região e é cartão postal do Parque Nacional, que leva o seu nome, se desprendeu um bloco enorme de gelo que soterrou a cidade de Yungay completa.

Mais de 10 mil metros cúbicos de gelo soterraram a cidade, deixando apenas 300 pessoas vivas: algumas crianças que estavam no circo da cidade e as pessoas que estavam no cemitério, que é a parte mais alta da região. Quem conseguir alcançar o Cristo Redentor, se salvou.

Laguna Llanganuco
Só sobreviveu que subiu o morro do cemitério e ficou bem perto do Cristo. É de arrepiar.

A gente conta a história assim e já arrepia, quando se conhece o lugar, o sentimento é mais potente.

Parque Huascarán

Depois da parada em Yungay, seguimos para dentro do Parque Huascarán, onde está localizada a Laguna Llanganuco.

Outra sugestão de passeio em Huaraz é a visita a uma das ruínas mais antigas da América do Sul, o Chavin de Huantar

A laguna está a caminho da Laguna 69, que já explicamos todos os detalhes do trekking, quanto custa, tudo!


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 15% de desconto em qualquer compra!


Laguna Llanganuco - Yungay
Além de conhecer a Laguna Llanganuco, vale a pena contemplar um pouco essa árvore (com essa cara de casca de cebola), que é típica da região.

E dá pra aproveitar bem, ficamos cerca de uma hora andando a beira da laguna e pode-se até navegar nela (coisa que a gente não se arrisca… e conta o porquê aqui).

Laguna Llanganuco
Paisagem de sonho, não?

Caraz

Essa parada é a clássica pega turista. Mas aproveite, a cidade é conhecida pela qualidade do Manjar Blanco, um tipo de doce de leite da região. Uma delícia!

Laguna Llanganuco
E na volta não deixe de encher o saco do guia para parar e tirar uma foto do Nevado Huascarán no por do sol. Vale a pena!

Quanto custou?

A gente já contou a tática ninja pra vocês, né? Mas vale lembrar que o Parque tem a entrada de 10 soles.

Já segue a gente no Instagram? @omelhormesdoano e use a nossa hashtag #omelhormesdoano pra aparecer todo sábado nos nossos reposts!

Valeu a pena conhecer a Laguna Llanganuco?

Se você não tiver feito o trekking a Laguna 69, eu te indicaria o tour sem nenhuma dúvida, porque as paisagens valem a pena sim! (Apesar de cansar um pouco essas paradas um pouco sem sentido).

Agora, se você fez conheceu o Parque Nacional Huascarán, acho que vale mais a pena ir por conta a Yungay (você pode ir de ônibus ou táxi, como preferir), porque a história do lugar é bacana e vale a pena conhecer.

E se for em tour… Aproveite tudo! Não vale ficar de cara feia só porque o guia tá falando umas abobrinhas 😉

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou – só um pouco – no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *