Blog posts

[Jeri gastando pouco] Lagoa do Paraíso

[Jeri gastando pouco] Lagoa do Paraíso

Brasil, Jericoacoara

Cartão postal de Jericoacoara, a Lagoa do Paraíso é conhecida pelas águas cristalinas e suas redes, onde você pode ficar deitadão relaxando com a bunda na água. 

Continuando a série de posts Jeri para mãos de vaca Jeri gastando pouco, a gente te ensina tudo sobre a Lagoa do Paraíso aqui:

Já conferiram nosso post de como gastar pouco e comer bem em Jeri? Clique aqui!

Como chegar?

DCIM100GOPROGOPR0508.

 

1) De pick-up (o modo econômico!): na rua Principal sempre tem carros levando para a Lagoa. Geralmente custam R$ 12,50, mas se você estiver com um grupo grande dá pra fazer por R$10,00 cada trecho. Para a volta, até as 16:00 você encontra facilmente um carro para te levar de volta a Jeri.

Já segue a gente no Instagram? Veja todas as nossas fotos no @omelhormesdoano e use a nossa hashtag #ommda para aparecer nos nossos destaques!

2) De buggy: geralmente custa R$ 45,00 e te leva na Pedra Furada, na árvore da preguiça e finalmente na lagoa (e também na Lagoa Azul, que tem períodos de seca, checar como está a situação quando você for). Não sei se compensa muito, afinal até a Pedra você pode ir andando, a árvore você consegue ver quando chega a Jeri… o principal mesmo é a Lagoa!


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 15% de desconto em qualquer compra!


3) De quadriciclo: custa R$250,00 e podem ir até duas pessoas. O tour sempre conta com um guia, que vai de quad ou moto guiando, o que é importantíssimo para não ter problemas de acidentes e se perder pelo caminho (que não é fácil).

12060044_1219228591436479_1218671061_o
Foto cedida pala Bruna Righesso, do Mundo Expresso

Já tem onde ficar? Não? Temos um lugar lindo para indicar aqui.

DCIM100GOPROGOPR0486.

Dicas de economia:

1) Farofe sem medo: Os preços em qualquer uma das barracas é exorbitante, principalmente para comida. Para almoçar não se gasta menos de R$50,00 em um prato, que em Jeri custaria R$8. Passe no mercado e leve petiscos e um pouco de água.

2) Sempre pergunte como funciona o restaurante: tem alguns que meio que te obrigam a consumir, outros cobram por cadeiras/espreguiçadeiras. Perguntar não ofende e te faz não ter surpresas pra frente.

3) Deixe a sede alcoólica no hostel: sério, segura as pontas do alcoolismo (rs) porque você não vai pagar menos de R$15 numa cerveja.

12055342_1219227964769875_1343902520_o

Por lá o legal é passar o dia dentro da água mesmo! Não se esqueça do protetor solar e de se hidratar, ok? 🙂

Quer mais dicas de Jeri? Já escrevemos vários posts de lá 😉

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou - só um pouco - no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

2 Comments

  1. André
    6 de julho de 2016 at 17:17
    Reply

    parabéns pelo site, tem ótimas dicas! também sou mao-de-vaca e me reconheço nos textos. 🙂

    • Camila Lisboa
      11 de julho de 2016 at 12:18

      =D obrigada pelo elogio! E sim, não ando podendo gastar muito não, tem que gastar no que vale a pena 😉

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *