Blog posts

Inhotim: 3 dicas para a sua visita que ninguém te contou

Inhotim: 3 dicas para a sua visita que ninguém te contou

Belo Horizonte, Brasil

Inhotim é um museu a céu aberto inaugurado em 2006 e que já recebeu mais de 2 milhões de visitantes. Isso você já sabe (ou não, rs). Mas a gente te conta aqui 3 dicas que você deveria saber e ninguém te contou.

Dicas Inhotim 1: Leve comida

Que a comida vai ser cara por lá é quase que óbvio. Mas até que não achei tããão absurda. No restaurante Oiticica, que é por quilo, sai R$39,00/kg, o que não é nada sobrenatural.

O problema? A fila kilométrica e a lista de espera de folhas e folhas. Foi mais de uma hora pra conseguir mesa pra duas pessoas. E a comida é normal, nada demais.

Dicas Inhotim
Uma das obras mais conhecidas do Inhotim. E como foi feita? O artista estava numa plataforma de 45 metros e lançou cada uma dessas vigas… é pra representar a aleatoriedade das coisas. Legal, né?

Tem mais alguns restaurantes dentro do Inhotim, mas são mais caros. Há algumas lanchonetes também. Mas vamos lá, você que é mochileiro duro como eu, leva o seu lanchinho, preparado com pão roubado do hostel (quem nunca!?) e be happy! Você consegue aproveitar bem mais o dia e aproveita pra fazer um pic nic a base de muito pão de queijo por lá =)


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 15% de desconto em qualquer compra!


Dicas Inhotim
Um piquenique com os pés pra cima e com uma vista dessas…. nada mau!

Dicas Inhotim 2: Não contrate os carrinhos de golf 

Muita gente me falou: “se você vai só um dia, não deixe de contratar os carrinhos de golf”. Eu acreditei.

Os carrinhos são compartilhados e tem rota fixa. Custam R$25 por pessoa e tem pouca fila, mas tem. Te poupa uma caminhada, mas…

Dicas Inhotim
Ande e ande bastante! Aproveite pra conhecer não só as obras, mas o parque em si, que só ele já vale a pena

Uma das coisas bacanas que eu vejo em Inhotim é o paisagismo e a beleza do lugar em si, fora as obras e andar nos carrinhos é, muitas vezes, passar batido por lugares legais.

Siga a gente no Instagram @omelhormesdoano e use a nossa hashtag #omelhormesdoano para aparecer todo sábado na nossa galeria

Dicas Inhotim
Mas vale carona no Fusca sim! O detalhe dessa obra é que as peças foram todas trocadas, na verdade é um fusca azul, um vermelho e um amarelo com as partes intercambiadas 😉

E nem pense que o carrinho vai otimizar a sua visita e você vai conseguir ver tudo em um dia. Você não vai conseguir ver tudo em um dia NUNCA. É impossível, rs.

Então, se quiser ver tudo, foque um dia no circuito laranja e um dia no Amarelo e no Rosa e aí sim, você vai ter uma experiência completa.

Não sabe nada do parque? Dê uma olhadinha no mapa pra ter noção do tamanho!

Mas esqueça tudo o que eu disse se você está indo com pessoas mais velhas ou com algum problema de mobilidade. O parque é grande e cansa bastante andar o dia todo.

Dicas Inhotim 3: Vá de biquini

Sério, se você for no verão vai se arrepender de não estar com roupa de banho por baixo. Eu me arrependi!

Dicas Inhotim
Olha esse piscinão e o sol de rachar! MORRI de inveja!

Como é um parque, no Inhotim faz um calor danado e você vai andar bastante no sol, acredite. (Nem coloquei como uma dica, mas não se esqueça do protetor solar!).

Quer mais dicas de Inhotim? A Mariana, do Mariana Viaja e a Rachel do Janela para o Mundo escreveram posts bem bacanas sobre a visita. Confira!

No circuito laranja tem uma piscina de uso livre e dentro da Galeria Cosmococa também tem uma piscina.

Dicas Inhotim
E se não quiser entrar na piscina, o biquini já te garante a corzinha só tomando um sol na grama 😉

Você vai ficar felizão com um tchibum, sério. Eu fiquei com inveja de quem tava na piscina. Sério mesmo!

Use nosso link da Booking para fazer a sua próxima viagem. Com ele você ajuda o OMMDA!

Dica extra: Visitas Grátis no Inhotim

Toda quarta feira a entrada é grátis! Eeeeeeeee! o/

E se quiser esticar a viagem para Tiradentes – que é maravilhosa – pega as dicas aqui e aqui!

Dica extra: Visitas Guiadas

Pra quem chega até o fim do post sempre tem presente 😉

E tem três tipos de visitas guiadas no Inhotim e o melhor, todas de graça!

Dicas Inhotim
E se não fizer a visita guiada, vale a pena perguntar o significado de algumas obras pro pessoal do Inhotim. Até agora tenho dúvidas se entendi essa aí…
  • Visita Panorâmica: saídas às 11 e 14 horas. Dura uma hora e meia e é feita todos os dias;
  • Visita Ambiental: saída às 10:30 aos sábados, domingos e feriados. Dura uma hora mais ou menos;
  • Visita Arte: saída às 14:30 aos sábados, domingos e feriados. Também dura cerca de uma hora.

Não é preciso agendar antes, mas é legal estar na recepção uns 15 minutos antes porque tem um máximo de 25 pessoas.

Já foi a Inhotim? Comente e conte o que você achou!

E se gostou do nosso post, aproveite e compartilhe nas ruas redes sociais 😉

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou – só um pouco – no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

14 Comments

  1. Eulalia
    15 de Abril de 2016 at 09:15
    Reply

    Gostei das dicas!
    Agora quanto a contratar os carrinhos, acho isso bem pessoal, porque cada um sabe de sua necessidade, quando eu fui eu contratei e não me arrependi, porque como eu queria conhecer algumas galerias, o carrinho me proporcionou mais agilidade.

    • Camila Lisboa
      17 de Abril de 2016 at 14:33

      Oi Eulalia!

      Acho que no geral, pra uma visita comum, os carrinhos não valem a pena, mas se tem interesses em obras específicas, como vc falou, pode ser uma boa.

      Sou meio contra o carrinho porque acho que a caminhada no parque é parte importante do passeio 😉

      Beijo e obrigada por comentar 🙂

  2. Junior
    27 de Maio de 2016 at 09:13
    Reply

    Parabéns pelo blog!

    Acho que varia de pessoa para pessoa.

    Eu fui 1 dia só..e utilizando o carrinho consegui ir em todas as galerias (fiquei cansado? Sim, bastante!), mas consegui em 1 dia de boa.
    Já vi pessoas indicando 3 dias, eu não concordo. Mas se a pessoa gosta de parar em cada obra e refletir 50 minutos e tal, realmente..2 ou 3 dias serão necessários.

    abraço!

    • Camila Lisboa
      29 de Maio de 2016 at 14:43

      Isso sim, Junior! Depende de quanto tempo quer gastar nas obras… mas acho, de verdade, que no carrinho você ajuda na mobilidade mais rápida, mas perde numa parte que, pra mim, é importantíssima: ver o museu como um parque – MARAVILHOSO!

      Mas não tem jeito certo, nem errado 😉

  3. Aline Dota Naganawa
    19 de Fevereiro de 2017 at 07:33
    Reply

    Adorei as dicas!! Quando fui não contratei o carrinho e não me arrependi!! Mesmo não conseguindo conhecer tudo, caminhar por aquela natureza me proporcionou momentos únicos!! Concordo que vale a pena andar por lá 🙂

    • Camila Lisboa
      23 de Fevereiro de 2017 at 15:36

      É muito bom andar e conhecer tudo com mais detalhes! 🙂 Acho que faz parte da coisa 🙂

  4. Gisele
    22 de Abril de 2017 at 18:49
    Reply

    Poxa, estive em Belo Horizonte e não fui conhecer Inhotim!! Fica para a próxima!! Adorei seu post e as fotos estão lindas! Arrasou!!

    • Camila Lisboa
      25 de Abril de 2017 at 14:57

      Inhotim merece mais que um dia! 🙂 Aproveita e conhece beeeem o parque!

  5. fernndo
    7 de setembro de 2017 at 20:59
    Reply

    Entao, as obras sao mesmo um pouco esquisitas, talvez porque nao entendo nada de arte. mas o parque em si em muito bonito.

    • Camila Lisboa
      8 de setembro de 2017 at 16:01

      Tem que ficar pensando um monte pra talvez entender rs… mas só o parque já vale a pena demais!!

  6. jaqueline
    4 de novembro de 2017 at 00:07
    Reply

    Que legal! Nunca ouvi falar na piscina. Eu quero.

    • Camila Lisboa
      4 de novembro de 2017 at 13:18

      Pra dias de calorzão, indispensável! (e tem duas!!)

  7. Katia
    12 de novembro de 2017 at 17:14
    Reply

    Oie, adorei o post sobre inhotim. Gostaria de saber como fica a entrada Grátis numa quarta-feira, sabes se tem como pegá-la com antecedência? Só encontrei pra comprar nos outros dias :/ e como é a questão das filas nesse dia? Andei lendo que é insuportável etc estou pensando em ir no final de Janeiro pra lá

    • Camila Lisboa
      12 de novembro de 2017 at 18:09

      Oi Katia! Não tem como pegar antes a entrada gratis =/ eu recomendo bastante chegar cedo para conseguir aproveitar… e como é mês de ferias, se prepara que vai estar bem cheio. Quanto mais cedo chegar, menos fila vai pegar…

      Recomendo levar lanche também!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *