Blog posts

Dica de hostel em Cabo Polonio: Viejo Lobo

Dica de hostel em Cabo Polonio: Viejo Lobo

Cabo Polonio, no Uruguai, Review de hospedagem, Uruguai

No planejamento da viagem eu decidi: preciso de férias! Porque se vocês acham que a vida de blogueira é fácil… sinto informar que viajar a trabalho cansa! (Mas eu adoro!). E a escolha do hostel em Cabo Polonio teve muito a ver com isso…

Eu fui atrás de um lugar buena onda, relax e cheio de paz, pra curtir 3 dias de descanso em terras uruguaias. E achei! Achei um hostel perfeito pra tudo isso!

E pra relaxar tem que obrigatoriamente abandonar o IG (segue a gente! @omelhormesdoano ), o snapchat (@camilalisboap), o facebook, o twitter e toda a vida online. Nada como ser forçada a isso e nem ter internet!

Cabo Polonio é assim, um recanto de paz, tranquilidade e… leões marinhos! Sim! Muitos Muitos! <3

hostel em Cabo Polonio
A paz e a tranquilidade de Cabo

Dica de hostel em Cabo Polonio – Viejo Lobo

Pra começar, já deixo aqui o vídeo que me convenceu pela hospedagem. Se te convencer também, já usa o link da Booking logo abaixo e faça a reserva!


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 15% de desconto em qualquer compra!


O vilarejo fica bem afastado da entrada do Parque Nacional, então possivelmente você pegará uma jardineira até o Cabo (UY200 ida e volta). O hostel vai ficar beeeeem em frente ao lugar onde para o transporte.

Cabo Polonio é bem pé na areia e afastado de tudo, o que faz com que a consciência de quem visita tenha que estar nos 1000%. E o Viejo Lobo está mais que atento a tudo e tem separação de lixo orgânico (que fazem compostagem), reuso e reciclagem. Esse paraíso não vai estar lá pra sempre se a gente não cuidar, né?

Onde se hospedar em Cabo Polônio
E eu preciso falar… vi essas banquetas serem talhadas lá! Super arte <3

E se já deu arrepio o fato de não ter internet… O Viejo Lobo é um dos únicos locais de Cabo que tem wi-fi uma hora por dia (e garanto que você nem vai sentir falta nas outras 23 horas).

Adquira seu seguro viagem com a Real e viaje sem dor de cabeça!Seguro viagem america do sul 728x90

E o mais legal é que o hostel não é só um hostel, mas faz parte de todo um projeto social e ambiental. Chegando lá, converse com a Manu e com o Luis que te contarão sobre tudo (eles tem uma Casa Coletiva em La Paloma que eu juro, me deu vontade de voltar pra lá só pra conhecer!).

Não posso te dar uma recomendação melhor do que: vá a Cabo Polônio! E, sem dúvida, se hospede lá no Viejo Lobo!

hostel em Cabo Polonio
Boas vibrações em tudo! Sem dúvida a indicação de hostel em Cabo Polonio tem que ser o Viejo Lobo

Viejo Lobo (as notas são de 0 a 5)

  • Animação: 4
  • Café da manhã: – (em Cabo Polonio normalmente não tem, fora nas pousadas carérrimas!)
  • Cozinha: 5
  • Limpeza: 5
  • Localização: 5
  • Preço: 5 (USD 25)
  • Qualidade do sono: 5
  • Staff: 5

É um hostel maravilhoso e pude ter momentos incríveis por lá. A energia é o ponto forte… um lugar onde você se sente bem o tempo todo! Parece que é pré requisito pra chegar lá 🙂

Reserve sua hospedagem no Viejo Lobo com o nosso link da Booking e ajude o OMMDA sem custar nada a mais pra você!

hostel em Cabo Polonio
O clima de relax entre os hóspedes… que viram amigos, sempre!

Viajamos à  Cabo Polônio a convite do Viejo Lobo. Agradecemos muito a oportunidade e frisamos que tudo que relatamos no post é opinião livre e pessoal.

Cabo Polonio está nos seus planos? Ou já conheceu? Aproveite e comente o nosso post (adoramos receber comentários!) e compartilhe nas suas redes sociais!

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou – só um pouco – no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

4 Comments

  1. Michel
    15 de Fevereiro de 2016 at 10:55
    Reply

    Pena que um bate-volta desde Montevidéu seria muito cansativo, da próxima o negócio é pernoitar algumas noites em Punta ou mais perto, pelo menos pra conhecer!

    • Camila Lisboa
      17 de Fevereiro de 2016 at 09:18

      Sim!!! E pra bate e volta, acho que nem de Punta vale a pena, tem que estar na outra Punta, a del Diablo 😉

  2. Jorge
    10 de Janeiro de 2017 at 10:54
    Reply

    que bom encontrar seu post, Camila!
    Tiro férias em junho e, no final, pleno inverno, passo dois dias em Puntal del Este, dois em La Pedrera, dois em Cabo e dois em Punta del Diablo antes de voltar para Montevidéu e voar para o Rio. em Cabo, vou me hospedar, justamente, no Viejo Lobo.
    como é a questão dos ônibus, sabe dizer? pra chegar de La Pedrera e depois seguir. horários muito restritos?
    primeiro reservei tudo e, a partir de agora, vou aos poucos me organizar. =)

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *