Blog posts

6 dicas para economizar na Ilha de Páscoa

6 dicas para economizar na Ilha de Páscoa

Chile, Ilha de Páscoa

Ok. Preciso admitir: eu gastei muuuuuuuito menos que a média do pessoal que vai pra Ilha. Mas isso foi porque a sorte grudou no meu pé e não soltou mais! Mas a gente te ensina a economizar MUITO!

A economia começou na passagem. A Veronica, uma querida amiga de Santiago, tinha milhas que iriam expirar e acabou me fazendo a proposta para ir para o Chile e ela me emitia as passagens pra Rapa Nui com as milhas. Claro que não recusei, né?

economizar na Ilha de Páscoa
Nós moais!

Pra ajudar, a Veronica tem uma amiga na Ilha que é dona de uma pousada. Pronto, passagem e hospedagem de graça!


Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 15% de desconto em qualquer compra!


Tá bom de economia? Nãããão! Já havíamos lido sobre os preços abusivos na Ilha e acabamos fazendo A FEIRA antes de ir. Sério: 28 kilos de comida pra 12 dias em duas. Uma vida saudável e barata 🙂

E pra se movimentar? Ônibus? Taxi? Nada disso! Levamos duas bicicletas 🙂 (com o objetivo de queimar os kilos extras de comida kkkkk).

E pra ajudar os 60 dólares de taxa de entrada às atrações de Orongo e Rano Raraku não estava sendo cobrado por uma briga política pelos direitos de explorar o turísmo nessas áreas da ilha. O que era exigido é que se fosse com alguém da ilha ou um guia (mas não era bem um padrão isso, viu…), como fomos com uma amiga, acabamos com mais essa economia.

economizar na Ilha de Páscoa
Vista do Pacífico de Rano Kau

Pra ir a Anakena? Pagar CLP 15000 de taxi? Magina! “Alugamos” nossas bicicletas para um casal que também estava hospedado nas cabanas em troca de dividirmos o taxi para ir a praia.

Veja as nossas fotos no Instagram @omelhormesdoano

Tour para Rano Raraku? Claro que não! Poupamos mais uma grana de aluguel de carro indo no fim de semana com nossa amiga.

No final das contas, foram USD 250 em 13 dias. Conheci gente que gastou USD 1200 para 5 dias!

economizar na Ilha de Páscoa
Nosso mascote em Rano Raraku

Claro que não dá pra comparar os altos momentos de sorte que eu tive, como da passagem e da hospedagem. Mas aí vão algumas dicas para economizar.

Como economizar na Ilha de Páscoa:

1) Milhas no cartão de crédito: a LAN sempre lança promoções com milhas, pode sair por 50 mil ida e volta, um valor bacana para um trecho longo de Santiago para a Ilha.

2) Leve comida (de Santiago). Não tem como uma refeição simples sair por menos de 5000 CLP. Levando algumas coisas de Santiago (não do Brasil, pra não ter problemas com a alfândega!), você poupa bastante.

3) Couchsurfing: conheci algumas pessoas do CS por lá, isso te faz economizar pelo menos USD 30 por uma diária em um hostel.

4) Carona: para Anakena tenho certeza que funciona! E pro resto da ilha também 🙂 todo mundo é muito ‘buena onda’, dá pra conseguir carona fácil!

5) Posto de Informações Turísticas: essencial para saber um pouco da história e se planejar bem, vale muito a ida, a conversa é boa e vem muita informação sobre Rapa Nui. Com as dicas, dá pra otimizar os circuitos e aproveitar bem um possível aluguel de carro ou bike.

6) Essa soa como um pouco de maldade, mas foi puramente constatação: não ande com chilenos (continente). Para os gringos a entrada no Parque Nacional era bem mais facilitada do que para os chilenos do continente… Rola uma ‘briginha’ que não é muito das saudáveis. Nesse caso, ser estrangeiro ajuda mais do que ser nacional.

economizar na Ilha de Páscoa
Melhor por do sol ever

Have fun e economize 🙂

Quer aproveitar todas as nosas dicas de Rapa Nui? Clique aqui e veja todos os nossos posts!

Se tiver mais alguma dica, conta pra gente nos comentários 🙂

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou – só um pouco – no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

2 Comments

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *