Blog posts

As melhores cervejarias de Bariloche

As melhores cervejarias de Bariloche

América do Sul, Argentina

A queridinha da neve, a cidade argentina mais brasileira da patagônia é bem conhecida pelas suas cervejas artesanais. Existem várias cervejarias de Bariloche que se transformaram em barzinhos e servem sua própria produção. Eu adoro.

Tanta tradição em cerveja se explica porque Bariloche recebeu um grande número de alemães desde que Herr Karl (Carlos) Wierderhold, criou ali um armazém, em 1895, dando origem à cidade. E com os alemães, veio a cerveja, como não poderia deixar de ser.

As melhores cervejarias de Bariloche

Cervejaria Blest

Além de ter ótimas cervejas, o bar é superlegal!

A minha cervejaria preferida em Bariloche é a Cerveceria Blest, a pioneira da cerveja artesanal de Bariloche. Os milhares de descansos de copos desenhados pelos visitantes e pregados nas paredes são A CARA da Blest. Para mim, é impossível ir a Bariloche sem ir à Blest.

Saúde!

Eles têm produção própria de cerveja artesanal, e eu recomendo que testem todas para escolher sua preferida. As variedades da Blest são: pilsen, bock, scotch ale, cream stout e uma variedade de framboesa. Para comer, eles oferecem deliciosas pizzas, que os meninos adoram. Da última vez comi uma truta que estava divina. A Blest fica um pouco mais distante do centro de Bariloche, no km 11 da av. Bustillo (ou seja, a 11 km do centro de Bariloche). Abriram outra filial também no Km. 4 da Av. Bustillo (que eu ainda não conheci). 

Cervejaria Berlina 

Bem pertinho da Blest tem a cervejaria Berlina. Também produz sua própria cerveja num ambiente é um pouco mais sofisticado, com comidas mais requintadas.

Cervejaria Bachmann 

A cervejaria Bachmann fica no centro de Bariloche e certamente vai te ganhar. A Indian Pale Ale deles é muito boa. As demais variedades também valem a pena.

Já existe um ranking das 10 melhores cervejarias em Bariloche, dá uma olhada.

Se você é de Curitiba e ficou com vontade de provar cervejas maravilhosas, confira esse post aqui!

Fora de Bariloche também tem cervejarias

Em Villa La Angostura, a 80 km de Bariloche, tem a cervejaria Australis, feita e vendida no restaurante de mesmo nome. Outras cervejarias de lá são a Epulafquen e a Lagos, que são prestigiadas e vendidas em quase todos os restaurantes de Villa la Angostura. As loiras (rubias) e ruivas (rojas) são excelentes e refrescantes.

Em San Martin de Los Andes, a 150 km de Bariloche, existem pubs muito bons, com destaque para a cerveja local Lacar. Mas você encontra outros rótulos locais facilmente supermercados ou delicatessens. A mais comum é a El Bolson, que homenageia a cidade e a região conhecida como capital do lúpulo na Argentina. A variedade impressiona, tem desde defumada a cerveja com frutas.

Quer tirar todas as suas dúvidas sobre Bariloche? Conheça o Guia Essencial de Bariloche e Villa la Angostura!

Dava pra ter enganado que o post era meu, né? (Aqui quem fala é a Camila, mas só nesse finalzinho!). Mas quem escreveu foi a Adriana, do Atravessar Fronteiras! Agradeço demais o post e deixo sempre as portas abertas aqui no OMMDA 🙂 E aí, quem mais é cervejeiro e quer contar dicas do mundo pra gente? Manda um email ou comenta aqui as suas sugestões!

 

About the author

A Adriana Magalhães é autora do Blog Atravessar Fronteiras e tem muita experiência na cidade argentina de Bariloche, uma vez que já esteve lá NOVE vezes. Escreveu até um Guia sobre Bariloche e Villa la Angostura e compartilha um pouco de sua experiência contando para vocês sobre as cervejas artesanais de lá.

18 Comments

  1. Bruno Reis
    20 de Abril de 2017 at 08:40
    Reply

    Terra muito boa pra cervejas!!

    • Camila Lisboa
      20 de Abril de 2017 at 12:15

      Muuuuuuuito, né? 🙂

  2. Marlise Vidal
    20 de Abril de 2017 at 17:44
    Reply

    Oi Adriana,
    Me diz uma coisa, você consegue beber todas estas cervejas? Pq eu só ficaria olhando, não sou muito chegada em cerveja artesanal.
    Abs, Marlise

  3. Carolina Belo
    20 de Abril de 2017 at 19:54
    Reply

    Oi Camila!!! A Adriana é Mestre, ou melhor, Doutora em Bariloche!!! Eu não sou muito chegada a cerveja, mas gostei de ver tantas opções… Eu nem sabia que essa influência era derivada da imigração alemã. Parabéns para ela pelo post e a você por ter aberto espaço para que ela escrevesse…
    Abraços,
    Carolina

    • Camila Lisboa
      20 de Abril de 2017 at 20:13

      Essa lista é feita por quem mais entende de Bariloche MEEEEEESMO! Então dá pra confiar 🙂

  4. Ana Flores
    20 de Abril de 2017 at 20:10
    Reply

    Ahhh ai sim! adoro cervejas, e conhecer cervejas locais! Eu sempre indico o app Untappd. Ele ajuda a escolher uma cerveja de acordo com a nota dada por consumidores!

    as que voce citou eu ainda nao conhecia. Será que vende por aqui?

    • Camila Lisboa
      20 de Abril de 2017 at 20:15

      Eu uso muito o untappd! 🙂 É um ótimo ‘termometro’ pra saber se é uma boa cerveja ou nao =D mas eu vou experimentando todas, tenho um gosto peculiar hahaha

  5. Dilma
    20 de Abril de 2017 at 21:19
    Reply

    Não sou muito chegada em cerveja, mas para que curte, o post dá super dicas, só tem que tomar cuidado para não gastar todo o tempo da viagem em degustação hahaha

    • Camila Lisboa
      21 de Abril de 2017 at 19:05

      Viajar é degustar também! 🙂

  6. Aline DP
    20 de Abril de 2017 at 22:04
    Reply

    Era a informação q faltava para eu me animar a visitar Bariloche kkkk

    • Camila Lisboa
      21 de Abril de 2017 at 19:04

      eeeeeeeeeee salud! 🙂

  7. angela sant anna
    21 de Abril de 2017 at 11:31
    Reply

    bahh cerveja é comigo mesmo!! nada melhor do q tomar aquela cerveja artesanal bem encorpada perto de uma lareira!

    • Camila Lisboa
      21 de Abril de 2017 at 19:03

      E em Bariloche!!! Vista show <3

  8. Keul Fortes
    21 de Abril de 2017 at 12:58
    Reply

    Que post! Apesar de não ser tão fã de cervejas eu adorei. Fiquei com vontade de experimentar pelo menos algumas. hahaha! Parabéns pelo post.

  9. Cleber Yamamoto
    21 de Abril de 2017 at 23:39
    Reply

    Não sei mais que gosto tem a cerveja, já estou há 2 anos sem beber rsrsrs!! Entrei na vida fitness e nunca mais saí. As cervejas de Bariloche devem ter um sabor bem peculiar. Ótimo post!

    • Camila Lisboa
      22 de Abril de 2017 at 13:23

      Que invejinha… a minah vida fitness não sobrevive sem uma cervejinha de vez em quando =P

  10. Ana Carolina Miranda
    21 de Abril de 2017 at 23:49
    Reply

    Cerveja artesanal é tudo de bom, né? Adorei a dica da Cervejaria Blest e já anotei. Quando for a Bariloche, certamente irei lá provar as cervejas.

    • Camila Lisboa
      22 de Abril de 2017 at 13:23

      Prova e conta pra gente o que achou 🙂

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *