Blog posts

Catamarã em Barbados: o lindo passeio com a Tiami Cruises

Catamarã em Barbados: o lindo passeio com a Tiami Cruises

América Central, Barbados

A gente não poupou momentos de diva na terra da Riri. E até navegou lindamente pelo Caribe, com direito a tartarugas e por do sol! Quer mais detalhes? Te conto aqui como foi o dia de madame a bordo do Tiami, o nosso catamarã em Barbados.

Por que fazer o passeio de catamarã em Barbados?

Primeiro, porque é um clássico! E tem umas 20 empresas que fazem o passeio – é super procurado de verdade.

Não posso falar que é uma coisa super turística porque não é! É divertido, é lindo e é openbar 🙂 E principalmente, é openbar! O tour dura entre 3 e 5 horas, dependendo de qual você escolher e o objetivo é fazer você se sentir diva, a bordo de um catamarã lindo e com tudo o que você tem direito: mar do Caribe, rum, gente animada, tartarugas, sol e calor!

catamarã em Barbados

A bordo do Tiami Cruises, o nosso catamarã em Barbados

Dentro de infinitas opções em Barbados eu e a guria escolhemos a Tiami porque era uma das poucas que oferecia o tour de fim de tarde e com snorkel com tartarugas. Pensamos que seria uma excelente ideia para ver as tartaruginhas (coisa que estávamos loucas pra ver de pertinho 🙂 ) e para tirar fotos lindas do pôr do sol, mas…

A gente é meio azarada! Justo esse dia foi o único que tava nubladão e o pôr do sol foi meio blé. Mas mesmo assim deu pra salvar e tirar umas fotos bonitas.

E as tartarugas?

Elas comeram demais e estavam descansando em casa, vendo televisão. Nem deram oi. (Mas tudo bem, a gente viu várias enquanto estava *surfando* e fizemos um tour só pra chegar bem pertinho, então nem deu pra ficar #chateada).

O pessoal até tentou, mas não achou nada por lá...
O pessoal até tentou, mas não achou nada por lá…

Use os nossos parceiros para viajar tranquilo e ajudar o OMMDA:

BookingReservando com esse link aqui da Booking, você não pagará nada a mais por isso e nos ajuda (e muito) a manter o blog!

Anonymous-aiga-first-aid-bg-300px A Real Seguros é um comparador de Seguros Viagens e com o nosso link você já ganha 15% de desconto em qualquer compra!


Mas não foi isso que estragou o dia, né? A gente tomou um monte de cerveja, comeu, fez amizade com os garçons, demos risada até doer a barriga (tinha um povo muito inspirado, sério) e até conheceu uma família de alemães que decidiram comprar uma casa em Barbados e vão uma vez por ano pra terra da Riri e que conheciam o mundo todo. E foi nesse dia que vimos a mansão da Rihanna pela primeira vez… e colocamos na cabeça que íamos lá dar uma voltinha pra ver como era. E talvez tirar uma foto com a diva, vai que… (Óbvio que só falamos com o segurança, rs).

Passamos horas divertidíssimas a bordo do Tiami e posso recomendar o passeio de olhos fechados. Vai na fé que compensa!

Os  tipos de passeio de catamarã em Barbados da Tiami

O que fizemos foi o Tiami Turtles Sunset Cocktail Cruise, que só acontece aos domingos, mas tem opção pra todo mundo:

O clássico almoço no catamarã

Que todas as companhias oferecem e funciona todo o ano, todos os dias! É o mais clássico, dura toda a tarde e o povo costuma chegar possuído pelo ritmo ragatanga de volta ao porto. Sério.

O jantar a bordo do Tiami

Pra aproveitar o pôr do sol do mar e a tranquilidade da noite, navegando pelo Caribe em um catamarã em Barbabos. Que sonho!

Imersão na cultura Bajan, com comidas típicas

Também aos sábados, a ideia desse cruzeiro é mostrar um pouco mais da cultura barbadiana enchendo a nossa barriguinha de alegria e comida local.

É do meio dia às 4 da tarde e tem parada para snorkeling, parada na praia e muuuuita comida e bebida.

catamarã em Barbados

Quanto custa o passeio de catamarã em Barbados com a Tiami Cruises?

Todos os passeios incluem o transfer do hotel ao porto, pra não acontecer o que aconteceu com a gente… (já conto!).

Como chegar ao porto? 

A gente acabou não pegando o transfer – de tonta que somos – e fomos por conta, então, tem história pra contar…

Essa é a parte mão de vaca da história – onde a gente se perde e eu fico com medo (rs). Como contei nesse post aqui, com os imperdíveis de Barbados, andar de van é um clássico e você não pode deixar de fazer. Porém fizemos esse passeio no segundo dia na ilha, sem conhecer nada e era um domingo, o dia que TUDO FECHA em Barbados. Tudo mesmo!

Pegamos a van felizes e contentes em St Lawrence Gap e fomos para  BridgeTown, o centro da ilha. E chegamos lá tava tudo deserto. Mesmo. Nada estava aberto e a gente chamava muita atenção (duas branquelas com cara de turista… como não chamar atenção em Barbados?).

A gente não sabia que estaria tudo tão morto e estávamos pensando em aproveitar umas horinhas em Bridgetown para conhecer e tirar umas fotos. Fomos tontas e erramos feio! Acabamos indo para o porto, esperar por lá (quase duas horas, rs) até o horário do passeio.

E foi uma caminhadinha meio longa, dá uma olhada na distância:

Aí, eu resolvi sair pra comprar água e não achava NAAAAADA aberto. E esse foi o único momento que me senti meio insegura em Barbados, um cara começou a me seguir e eu fiquei meio apavorada. Andei rápido e não quis dar a volta, e acabei andando muito mais que eu esperava. Acabei chegando em um local mais movimentado, mas nada turístico, então eu, sozinha, chamava mais a atenção ainda. Andei, andei, andei e sorte que nada aconteceu… mas fiquei meio assustada, confesso.

.

Fica a dica: Barbados é super segura em geral, mas domingo é dia de praia! Desencana de qualquer outra programação e principalmente de andar no centro, pode ser meio perigoso, infelizmente 🙁

Essa viagem a Barbados foi feita em parceria com a Global Vision Access, Visite Barbados e o passeio de Catamarã em Barbados com a Tiami Cruises. Agradeço muuuuito a oportunidade, mas não é por isso que deixo de dar a minha opinião própria e pessoal sobre os serviços! Pode confiar!

About the author

Viciada em viajar, mas que sossegou – só um pouco – no Chile pra abrir um hostel. Já esteve em 9 países e 90 cidades fora do Brasil. Não sabe nadar (mas sabe andar de bicicleta). É facilmente comprável com doces e bom café. E é mão de vaca (isso é um dado importante).

2 Comments

  1. angie
    30 de setembro de 2016 at 00:06
    Reply

    viu, melhor passar sede do q gastar sola do chinelo aheuaheaue #medo

    • Camila Lisboa
      5 de outubro de 2016 at 21:12

      Passando medo em Barbados… por uma água! oO

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *